Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Más condições de trabalho e precarização já ocasionaram mais de 3 milhões de trabalhadores lesionados por LER/DORT no país

Imagem
Neste 28 de fevereiro, Dia Mundial de Combate às Lesões por LER/DORT (Esforço Repetitivo/ Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho), especialistas em saúde de trabalhadoras(es) reforçam o alerta para as condições impostas nos locais de trabalho que ocasionam problemas como dores musculares, nos tendões e nervos (dedos, mão, antebraços, braços, pescoço), bem como problemas psicológicos.
No Brasil, segundo Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2013,  3.568.095 pessoas foram vítimas desses casos. Existem diversos fatores que ocasionam lesões por LER/DORT e é de conhecimento das(os) trabalhadoras(es) que as políticas de precarização do trabalho- que tendem a ser ampliadas pelos processos de terceirização e aceleração para o alcance de metas, irão reforçar os riscos de quem já tem predisposição e também os fatores emocionais e ambientais.
Além de sintomas físicos, os problemas relacionados à sobrecarga de trabalh…

Segue a construção da Greve Geral com início no dia 8 de março

Imagem
Continuam as mobilizações e construção da Greve Geral para o dia 8 de março. Estamos acompanhando nos locais de trabalho as demandas da categoria e reforçando o chamado. Temos que arrancar, na luta, o reajuste devido pelo prefeito Firmino Filho que ainda não apresentou projeto para 2018 e nem sobre o que deve de 2017. Assembleia Geral no dia 8, a partir das 8h, no Teatro de Arena.













Mulheres trabalhadoras na construção do 8 de março

Imagem
Vamos construir um grande 8 de março, pautando o chamado à Greve Internacional de Mulheres e nossas demandas locais como as lutas no enfrentamento ao feminicídio e os ataques dos governos contra as mulheres trabalhadoras.


Informe sobre o Seminário Jurídico Direito de Classe

INFORME | O Seminário Jurídico Direito de Classe, que estava marcado para ocorrer neste sábado (24), como consta no Calendário Estratégico elaborado no Conselho de Representantes de Base (acesse aqui: https://goo.gl/GxDAoJ) foi adiado e, em breve, anunciaremos a nova data.
A Direção

MENTIRA TEM PERNA CURTA: Ocupando ilegalmente, desde setembro de 2014, o cargo de Secretário de Educação de Teresina, o economista aposentado Kleber Montezuma (PSDB), não cansa de plantar MENTIRAS na imprensa e nas redes sociais

Imagem
A sequência mais "cabeluda" de falácias desta semana foi sobre o Piso do Magistério, em matéria publicada na página da própria SEMEC, no último dia 20. Após a divulgação do projeto enviado à Câmara Municipal, a verdade veio à tona:
MENTIRA 01 - "...em Teresina o piso do magistério chega a superar o valor nacional em mais de mil reais" . A VERDADE - O Piso do Magistério em Teresina não é nem um centavo maior que o Piso Nacional. O Secretário Lagarta (assim chamado porque "come" 11 mil reais da FOLHA de pagamento, ilegalmente) utiliza o vencimento de um Professor Classe C, Nível VI, no valor de R$ 2.995,20, soma com a Gratificação de Incentivo à Docência (GID) - que totaliza R$3630,88 - e afirma que este é o PISO DO MAGISTÉRIO. Ocorre que a lei 11738/08 é EXPLÍCITA e qualquer pessoa com um nível de interpretação razoável sabe que PISO SALARIAL se refere ao MENOR VENCIMENTO. Pois bem, como podemos observar na própria tabela em anexo ao projeto encaminhado pelo…

Segurança e condições de trabalho a servidoras(es) são responsabilidades da Prefeitura

Rotineiramente, o SINDSERM recebe denúncias e atende casos de servidoras(es) que foram agredidas(os) em seus locais de trabalho e ocorrem também casos de assalto. Tal vulnerabilidade na segurança expõe as(os) trabalhadoras(es) e é preciso reiterar que a responsabilidade é da Prefeitura Municipal de Teresina em dar as devidas condições para evitar este tipo de ocorrência.
Nessa entrevista, reiteramos nosso posicionamento. Confira clicando no link abaixo.
https://goo.gl/YZM12L

Fique por dentro: veja como solicitar o Boletim Eletrônico de notícias do SINDSERM

Imagem

Greve Geral do serviço público municipal aprovada para 8 de março

Imagem
Na manhã desta segunda-feira (19), as(os) servidoras(es) municipais aprovaram uma Greve Geral da categoria para o dia 8 de março, data em que ocorrerá uma Assembleia Geral para tratar das pautas de reivindicação, dentre elas o reajuste salarial dos servidores com defasagem acumulada em mais de 40%. Caso não ocorram avanços nas negociações com a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), a Greve Geral vai continuar por tempo indeterminado.

A categoria também participou da greve geral em conjunto com as centrais sindicais que, em todo o país, estão construindo as mobilizações contra a Reforma da Previdência. 




Categoria deve avaliar proposta de reajuste na Assembleia Geral do dia 19

Imagem
O SINDSERM vai analisar proposta enviada pelo prefeito Firmino Filho à Câmara Municipal de Teresina (CMT), a respeito de reajuste salarial de profissionais do magistério. Amanhã, dia 16, iremos debater este projeto com vereadores na CMT, incluindo outro projeto que institui Sistema de Avaliação Educacional (SAETHE). 
Após a análise, a entidade irá expor a questão e debater com a categoria na Assembleia Geral, com adesão à Greve Geral do Dia Nacional de Lutas, no dia 19 de fevereiro, segunda-feira, a partir das 8h, no Teatro de Arena.






19 de fevereiro: Greve Geral do Serviço Público Municipal e Dia Nacional de Lutas Contra a Reforma da Previdência

Imagem

19 de fevereiro é dia de Greve Geral!

Imagem
Em Assembleia Geral do Sindicato das(os) Servidoras(es) Públicas(os) Municipais de Teresina (SINDSERM), realizada na manhã desta quinta-feira (08), as(os) servidoras(es) aprovaram uma Greve Geral em 19 de fevereiro. A categoria vai participar da agenda de lutas nacional marcada para esta data contra a Reforma da Previdência, com possibilidade da greve municipal continuar por tempo indeterminado, o que será analisado em nova assembleia na mesma data.
A intenção de colocar a Reforma da Previdência para votação até o fim deste mês de fevereiro tem reunido lideranças do governo na Câmara Federal para articular todos os acordos possíveis que façam o projeto passar ainda este ano. Mesmo com alterações, a essência do texto continua a mesma e significa o fim do direito à aposentadoria para a classe trabalhadora.
Se a reforma for aprovada, a idade mínima aumenta, ficando em 65 anos para homens e 62 anos para as mulheres. Além disso, para receber o benefício integral, o(a) trabalhador(a) terá de…

Assembleia Geral nesta quinta-feira, a partir das 8h

Imagem

Fortalecer jornada de luta e preparar o 19 de fevereiro contra a Reforma da Previdência

Imagem
NOSSA PRIMEIRA TAREFA É COMPARECER À ASSEMBLEIA GERAL DA NOSSA CATEGORIA. DIA 8 DE FEVEREIRO, ÀS 8H, NO TEATRO DE ARENA.
Dezenove de fevereiro será um Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência. Desde essa semana começou uma jornada de protestos em aeroportos, nas bases dos parlamentares, assembleias em locais de trabalho, plenárias regionais e estaduais, panfletagens e aumento da pressão no Congresso Nacional.
A jornada de luta conta com todo o apoio da CSP-Conlutas, apesar de a Central não ter sido convidada para a reunião entre as Centrais Sindicais CUT, Força Sindical, CSB, CTB, Nova Central, UGT e Intersindical que reafirmou iniciativas que já haviam sido discutidas em dezembro passado.
A CSP-Conlutas defende que mais do que um dia nacional de luta é preciso construir uma nova Greve Geral no país, única forma de derrotar de vez os ataques do governo. Mas, desde já, colocaremos todas as nossas forças para garantir a unidade e realizar a jornada de luta um grande dia naciona…

SINDSERM levou o Bloco da IndignAÇÃO para o Corso de Teresina

Imagem
Com as faixas que revelam as denúncias contra o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), o SINDSERM colocou na Raul Lopes, o Bloco da IndignAÇÃO junto à categoria que aproveitou a folia sem esquecer da responsabilidade política de mostrar a verdadeira face da gestão municipal.

Confira como foi a folia com o nosso bloco:










Centrais sindicais reafirmam dia nacional de paralisações em 19/2 contra Reforma da Previdência

Imagem
As centrais sindicais CUT, Força Sindical, CSB, CTB, Nova Central, UGT e Intersindical reuniram-se nesta quarta-feira (31) e aprovaram a realização de uma Jornada Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência.
Em nota divulgada após a reunião, as centrais repudiam a campanha enganosa do governo Temer para aprovar a Reforma e orientam suas bases a entrarem em estado de alerta e mobilização nacional desde já, com a realização de assembleias, plenárias regionais e estaduais, panfletagens, blitz nos aeroportos, pressão nas bases dos parlamentares e reforçar a pressão no Congresso Nacional. Foi definido que o dia 19 de fevereiro será um Dia Nacional de Luta.
A CSP-Conlutas não foi convidada para a reunião desta quarta-feira, repetindo um boicote por parte destas centrais à nossa participação, o que, infelizmente, já ocorreu outras vezes. 
Entretanto, consideramos importante a decisão tomada de definir uma jornada de lutas contra a reforma, o que corretamente reafirma o que já havia sid…

Corso é com o Bloco da Indignação!

Imagem