Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011

Governo Federal anuncia novo piso nacional do professor do ensino básico

O ministro da Educação, Fernando Haddad, vai divulgar nesta quinta-feira (24) o novo do piso nacional do professor do ensino básico, que terá um reajuste de 15,9%. O valor vai subir de R$ 1.024,67 para R$ 1.187,97.
Pela lei, nenhum professor de nível médio, com jornada de 40 horas semanais, pode ganhar menos que isso. O piso é determinado com base no custo por aluno do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) –atualmente, R$ 1.722,05.
O MEC (Ministério da Educação), no entanto, não tem competência para determinar o reajuste, por problemas na legislação. Haddad deve divulgar amanhã uma espécie de documento-referência para Estados e municípios.
Esse documento também deve regulamentar a transferência de recursos da União para o pagamento do piso mínimo salarial do professor. A exemplo do que acontece com o mínimo a ser investido por aluno, a União complementa o piso naqueles municípios que não têm condição de pagá-lo.

África e o efeito borboleta!

Imagem

Reunião com os pedagogos e as pedagogas!

Está marcada para a sexta-feira, 25 de fevereiro, às 16 horas, mais uma reunião com a direção do SINDSERM e as pedagogas e os pedagogos da Rede Municipal de Teresina.  Em pauta a situação profissional da categoria após decisão do STF.

Denúncia dos servidores municipais do laboratorio Raul Bacelar é destaque no Portal AZ

Ato dos servidores do laboratório Raul Bacelar em denúncia de abuso de autoridade e atrasos nos adicionais de produtividade é destaque no portal AZ. (Para ver clique aqui)

Servidores públicos municipais de Teresina denunciam abuso de poder e atrasos em pagamentos de adicionais de produtividade no laboratório Raul Bacelar

Imagem
Os funcionários do laboratório municipal Dr. Raul Bacelar realizaram na manhã de ontem, 22,  protesto nas dependências do seu local de trabalho, o ato contou com o apoio da direção do SINDSERM.  Juntos, servidores municipais e a direção do sindicato, tiveram uma audiência com o diretor do laboratório, o médico Henrique Castelo Branco.
Os servidores do laboratório denunciavam atrasos no pagamento de plantões e adicionais de produtividade, além da ausência do pagamento de adicional de insalubridade, exigiram, também, o fim da terceirização de funcionários, eleições direta para diretor, transparência e democracia na gestão e na prestação de contas do órgão.
Henrique Castelo Branco negou as denúncias de abuso de poder, quanto aos atrasos, afirmou que a resolução do problema não estaria em suas mãos, empurrou o problema para a Fundação Municipal de Saúde.  No entanto, deixou escapar que comunga com a opinião da gestão municipal de que não seriam justos os valores do adicional de produtividad…

Greve dos professores do estado. O que dizem os envolvidos?

Imagem

Vêm do seio da SEMEC ideias desagregadoras do movimento. Fiquem atentos!

A ideia de fundar uma associação ou sindicato específico para os pedagogos e pedagogas da rede pública municipal de Teresina é desagregadora e visa enfraquecer a luta dos servidores municipais. Ela veio do seio da SEMEC e de seus colaboradores, portanto não tem interesse de ajudar na resolução dos problemas da categoria.

Professores recém nomeados pela PMT tem conversa com SINDSERM

Imagem
Os mais de 300 professores recem contratados pela Prefeitura de Teresina tiveram uma conversa com a direção do SINDSERM no ato de sua nomeação.

Reunidos em dias sucessivos no auditório da SEMEC para a solenidade de nomeação os mais de 300 professores recém contratados pela Prefeitura de Teresina , tiveram a visita dos diretores do SINDSERM para alertá-los sobre seus direitos à sindicalização e seus direitos trabalhistas, que são os mesmos dos servidores veteranos, inclusive o de grevar.

Em uma das visitas uma das professoras denunciou que estavam negando-lhe o direito a posse uma vez que está grávida de gêmeos, problema que foi resolvido sem maiores complicações, garantindo-lhe seu direito de candidata aprovada.

Pedagogas e Pedagogos reúnem-se com direção do SINDSERM para discutir desição do STF

Imagem
A assessoria jurídica da SEMEC com base na súmula 726 do STF (clique aqui), comunicou aos pedagogas e pedagogos da rede municipal de Teresina que estes profissionais perderam os direitos à aposentadoria especial e aos 45 dias de férias anuais, garantidos à carreira de magistério.  Entretanto, não deu maiores esclarecimentos de como eles seram enquadrados daqui pra frente. Segundo os assessores "semequianos" um novo enquadramento está sendo estudado.



Por conta disto, desde que a nova gestão do SINDSERM assumiu, um grupo de pedagogas e pedagogos da "rede" vem  reunindo-se na sede do sindicato para discutir o tema e tirar propostas e sugestões para a solução do impasse.  Nestas reuniões, alguns pedagogos relatam que tiveram seus pedidos de aposentadoria indeferidos e que, em alguns casos, até o direito constitucional à licença maternidade está sendo questionado.

A última reunião, realizada no dia 11 passado, contou com a participação das (os) pedagogas (os), a direção …

Autoritarismo e falta de acessibilidade, marcas das gestões tucano-petebista em Teresina (PI)..

Imagem
Que falta de acesso e participação popular é marca das administrações tucano-petebistas todos sabem, MAS ISTO AQUI É RIDÍCULO.


Esta é a imagem de uma rampa de acesso para portadores de necessidades especiais feita em uma das escolas municipais de Teresina na gestão tucana de Sílvio Mendes.  Observe que o cadeirante que quiser acessar o interior da escola terá que ser um ótimo manobrista para vencer a curva fechada de 90º da rampa e, pior, terá que fazê-lo de jetski.

Charge: Fazendo diferente!!!!

Imagem

28 de fevereiro: Assembleia Geral dos Servidores Públicos Municipais de Teresina.

Imagem

Diretor da gestão anterior do SINDSERM se manifesta.

O professor Carlos Alberto nos mandou um e-mail em resposta às nossas postagens, segundo ele estaríamos faltando com respeito a ele e aos seus colegas da gestão "Fazer diferente", cujo o mandato encerrou em janeiro passado.  Abaixo seu e-mail (na íntegra) e a nossa resposta em seguida.
"Caros colegas, tenho muita admiração por todos voces que fazem o Sindserm,pois todos são funcionários Púiblico Municipal, e sei que vão representar bém nossa categoria, mas é preciso que hajá respeito para com os outros cidadãos, a diretoria anterior era composta por cidadãos iguais aos colegas que hoje fazem o Sindserm. Então, vamos ter ética, façam o trbalho de voces, respeitando os outrros, afinal de contas nós também somos funcionários público munipal."  Professor, Carlos Alberto Pererira de Sousa.
Nossa resposta:
Professor Carlos Alberto, boa tarde

Só estamos relatando o que encontramos, as coisas do sindicato é de conta da categoria. Encontramos coisas que não estão bem explicadas e…

Trabalhadores da educação do estado do Piauí entram de greve a partir de hoje.

Imagem
Fonte: Dever de Classe Numa Assembleia-Geral que contou com mais de três mil pessoas, os trabalhadores em Educação da Rede Estadual do Piauí deflagraram Greve por Tempo Indeterminado. A categoria está unida e decidiu que só inicia o ano letivo de 2011 quando o governo Wilson Martins atender às reivindicações desse setor. Dentre os pontos principais está a exigiência de que seja cumprido o Piso Nacional dos Professores, que desde janeiro era para estar sendo pago ao valor de R$ 1.597,00 para vinte horas. Há também perdas salariais históricas de mais de 60%, além de retroativos referentes às mudanças de classe e nível dos professores. A greve também vai exigir que o governo aparelhe adequadamente as escolas e melhore as condições de trabalho. Após o término da Assembleia-Geral, milhares de manifestantes sairam em passeata até o IAPEP, para exigir também que o governo anule o aumento dado nos descontos do IAPEP.





Jornal do SINDSERM chega às mãos da categoria

Imagem
O primeiro número do Jornal do SINDSERM, na gestão "Base em ação", chega aos locais de trabalho e já mobiliza a categoria para a assembleia geral do dia 28 de fevereiro. 

O jornal que praticamente foi abandonado na gestão anterior, volta com força total e é recebido com alegria pelos servidores, seu objetivo é levar as últimas informações sobre as audiências com os gestores do município, mostrar as reivindicações da categoria, fazer o chamamento para a primeira assembleia geral, além de apresentar a nova gestão do nosso sindicato.

O Jornal do SINDSERM é mais um meio de divulgação das lutas da categoria, mas é também um espaço de opinião, divulgação de talentos culturais do servidor, os próximos números contarão com espaços para divulgação de crônicas, poesias e artes visuais do servidor público municipal Teresina.





SINDSERM intensifica as visitas aos locais de trabalho mobilizando para a Assembleia do dia 28.

Imagem
Reunião no SIAMCA do Dirceu
Prosseguem as visitas e reuniões nos locais de trabalhos, na última sexta-feira, estivemos na
Escola Municipal Antônio Gayoso (Zona Norte), no SIAMCA do Dirceu (Zona Sudeste) e na sede do STRANS. Objetivo maior das visitas é conversar com a categoria e colher suas reivindicações além de chamar para a assembleia geral que acontecerá no dia 28 de fevereiro

Reunião com "azuizinhos" e pessoal administrativo do STRANS

Presidente da Fundação Municipal de Saúde dá "chá de cadeira" em sindicalistas.

Imagem
A audiência que estava marcada para a manhã de hoje na sede da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) entre representantes sindicais dos servidores da saúde e o presidente do órgão, o médico Pedro Leopoldino, foi cancelada devido a ausência do mesmo. A comissão (formada por integrantes do SINDSERM, do SINDEACS e do SINDAST) estava na hora marcada, nove horas da manhã permanecendo por mais de duas horas esperando até desistir e pedir a remarcação da audiência.

Reunião no SIAMCA do Dirceu Arcoverde

O SINDSERM vai reunir os servidores públicos municipais da região do grande Dirceu no SIAMCA, será dia 11 de fevereiro, sexta-feira, às 9 horas da manhã. Na pauta da reunião está a campanha salarial de 2011, as questões relativas às mudanças de nivel, a gratificação da produtividade dos servidores da saúde entre outros temas.
Estas reuniões estão acontecendo para que apresentemos a nova direção do sindicato, levar as novidades sobre  as questões de interesse do servidor e convocá-los para a assembleia do dia 28 de fevereiro.

Reunião setorial na Escola Municipal Antônio Gayoso

O SINDSERM convoca os servidores lotados nos orgãos públicos municipais da região do São Joaquim, Parque Alvorada, Mafrense, Poti Velho e bairros próximos para a reunião setorial que acontecerá na Escola Municipal Antônio Gayoso, que ocorrerá no dia 11 de fevereiro, às 10 horas.
A ocasião serão levados informes os assuntos da categoria e colhidas as reivindicações e demanda dos servidores.

PMT ataca direito à licença maternidade das servidoras municipais de Teresina

Imagem
Albetiza Moreira de Araújo
Maria de Jesus da Silva 
A Licença Maternidade é um direito fundamental das mulheres de todo o mundo, continentes, países, culturas e etnias. Podemos afirmar que é um direito da humanidade. No Brasil , como em outros lugares, esta conquista foi resultado de muita luta das mulheres e do movimento social, de modo geral.             Aqui no Brasil, a constituição de 88 reconheceu o direito à licença maternidade de 120 dias. Recentemente, por iniciativa da deputada Patricia Saboya, com a relatoria do deputado do Rio Grande do Sul Paulo Paim, foi aprovado o Projeto que amplia esta licença para seis meses . Na visão do movimento, esta lei ainda é tímida, já que o benefício é facultativo aos trabalhadores de empresas privadas, que na prática não exercem este direito, temendo retaliações.Temos de lembrar que em muitos países este período é bem maior e em muitos outros  os governos até incentivam as mulheres a terem filhos, com pagamento de benefícios. O movimento de mu…

SINDSERM promove reuniões com servidores em seus locais de trabalho.

Imagem
Escola Municipal Extrema

O Sindicato dos Servidores Municipais de Teresina (SINDSERM) realizou nos dias 3 e 4 de fevereiro reuniões com a categoria em seus locais de trabalho nas diversas zonas da capital.  Estas reuniões setoriais têm como objetivo apresentar a nova direção do SINDSERM à categoria, levar-lhes informações sobre as audiências que tivemos com a administração municipal e ouvir suas reclamações e denúncias.  Foram feitas reuniões no prédio da SDU-Leste, nos escolões do Parque Piauí e Dirceu, na escola municipal Extrema e na sede do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios com os agentes de saúde e de endemias.
Escolão do Parque Piauí

Escolão do Parque Piauí Nestas reuniões constatamos a insatisfação da categoria ante a inoperância da direção anterior do SINDSERM e as expectativas com relação ao trabalho da atual gestão. Entre as denúncias que a categoria nos levou uma das mais graves é a de que a administração municipal transformou servidores públicos em caloteiros.  Sob o pr…

Prefeitura de Teresina torna servidor público municipal caloteiro.

A Prefeitura Municipal de Teresina, com o pretexto de acatar a norma que diz que emprestimos em consignação não podem onerar mais de 30% do valor da remuneração do servidor, tirou dos contracheques os descontos para pagamentos destas dívidas. O problema é que não avisou previamente aos donos destes contracheques.
Muitos servidores denunciam que chegaram em suas casas correspondências com conbranças bancárias com ameaça de inclusão de seus nomes nos órgãos de proteção ao crédito caso não quitem o atraso. Alguns até animados com o dinheirto a mais que veio no contracheque (sem os descontos), imaginando que seria algum reajuste, fizeram compras extras agora estão sem saber como pagar.

Charge: O povo se rebela no Egito!

Imagem

Nota dos Movimentos Sociais: Funai vem manipulando associações indígenas no Pará

Os Movimentos Sociais de Altamira vêm a público denunciar a manipulação do
Governo Federal, Fundação Nacional do Índio (Funai) e da Norte Energia
junto à associação dos indígenas moradores de Altamira-PA.

Os povos indígenas de diversas aldeias do médio Xingu mobilizados pela
Funai, com apoio logístico da Norte Energia, estiveram reunidos entre
os dias 17 e 22 de janeiro do corrente ano, na casa do índio e na Funai para
discutir questões relacionadas à saúde e educação nas aldeias. À frente
desta reunião estavam indígenas ligados à FUNAI e membros da Norte Energia
que, aproveitando de uma demanda legítima desses povos  usaram o evento para
legitimar ações de seus interesses causando prejuízos aos povos indígenas e
interferindo no direito constituído da livre associação das organizações
civis e na forma de relacionamento dos índios e de sua cultura.

Os fatos denunciados são os que seguem:

- Apoio logístico d…

Campanha de Filiação ao SINDSERM!

Imagem

SINDSERM marca presença no II SIPAT

Imagem
Diretores do SINDSERM estiveram na II Semana de Prevenção Interna de Prevenção de Acidente no Trabalho promovida pela CIPA/GEZOON que ocorreu nos dias 27 e 28 de janeiro em um hotel da capital.  Na  ocasião nossos diretores fizeram uso da fala apresentando a nova gestão e nossas metas de luta para o ano de 2011.


Os agentes de saúde e de endemias que participaram em peso do evento aproveitaram a presença dos diretores do SINDSERM para mostrar sua satisfação pela mudança na direção do sindicato e muitos fizeram sua filiação ou refiliação no momento.


SINDSERM participa de ato pelo direito de homens gays e bissexuais de doarem sangue.

Diretores do SINDSERM participaram na manhã de segunda-feira, dia 31 de janeiro, de ato pelo direito de homens gays e bissexuais doarem sangue, organizado pelo grupo Matizes .  Os manifestantes concentraram-se em frente ao prédio do HEMOPI e protestaram contra a portaria da ANVISA que proíbe homens gays e bissexuais de doarem sangue, fez parte do ato também uma campanha de cadastramento de doadores de medula óssea.

Calendário de reuniões nos locais de trabalho

Dia 03 de fevereiro

9:30 h - E.M. EXTREMA

11:00 h - SDU - LESTE


Dia 04 de fevereiro
9:30 h - ESCOLÃO DO PARQUE PIAUÍ
15:30 h - ESCOLÃO DO PARQUE PIAUÍ
15:30 h - SINDICATO DOS CORREIOS (Pauta dos Agentes de Saúde)
A pauta geral das reuniões setoriais será:
- Pagamento retroativo dos níveis; - Campanha salarial 2011; - IPMT - o problema das marcações de consulta, aumento do desconto no contracheque; - Eleições para diretor das escolas públicas municipais; - PCCS.

Bicho de Sete

Imagem
Bicho de Sete
A presidente eleita Dilma Rousseff (PT) reafirmou compromisso explícito de manutenção da essência da política econômica praticada nos dois mandatos de Lula e de novas medidas, significando mais ataques aos direitos da classe trabalhadora. Em Teresina, durante mais de vinte anos o PSDB esteve à frente da prefeitura, subjugando aos servidores rebaixando salários, retirando direitos e perseguindo com mão ferro  os servidores. O processo eleitoral de 2010 nos livrou do carrasco Sílvio “Mente” (PSDB) e interrompeu a ditadura tucana que se perpetuava no poder municipal de Teresina, entretanto, o seu sucessor Elmano Férrer (PTB) está dando continuidade às práticas antitrabalhistas tucanas.
Wilson Martins (PSB) continuará aplicando o arrocho salarial aos servidores públicos estaduais, governando para empreiteiras e grandes empresas do agronegócio, e anunciou a demissão em massa de servidores terceirizados, logo após as eleições. Para a classe trabalhadora e suas organizações sindi…

Servidores municipais de Teresina denunciam péssimo atendimento no IPMT e aumentos nos descontos em seus contracheques.

Imagem
Todo começo de mês em frente à sede do Instituto de Previdência Municipal de Teresina (IPMT) é a mesma coisa, os funcionários públicos municipais da capital têm que madrugar para conseguir marcar consultas e carimbar exames (quando conseguem). 



As consultas só estão disponíveis nos primeiros dias de cada mês devido ao descrédito do IPMT junto à classe médica sendo pequeno o número destes profissionais que mantém convênio com o órgão, obrigando o servidor a se expor aos perigos da madrugada, à chuva e ao sol da manhã, uma vez que o atendimento inicia às 7 horas da manhã.  Os servidores reclamam também do aumento nos descontos no contracheque ao mesmo tempo em que o atendimento cai de qualidade.

Neste contexto, o Sindicato dos Servidores Municipais de Educação (SINDSERM) promoveu nas primeiras horas da manhã de hoje, 01 de janeiro, um ato-manifesto em frente à sede do IPMT para denunciar esta situação e o descaso das autoridades municipais com o servidor. 


Na ocasião, os manifestantes apro…