Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

| .................. RETROSPECTIVA 2015 .................... |

Imagem
Estamos finalizando mais um ano e achamos importante relembrar as lutas travadas e as vitórias conquistadas nos últimos 12 meses. Iniciamos 2015 com uma forte campanha salarial e enfrentando a truculência da gestão do PSDB a frente da prefeitura, que em momento algum dialogou com o sindicato, as pautas de revindicação da categoria. Sem resposta, a única saída foi a greve! Sem dúvida, a maior vitória que a greve deste ano nos trouxe, além dos ganhos econômicos, foi no que diz respeito à organização dos trabalhadores. Diversos setores do funcionalismo público municipal, aderiram ao chamado do SINDSERM e pararam este ano. Administrativos da saúde e da educação, fiscais de transporte, agentes de trânsito, técnicos de laboratórios, enfermeiros, assistentes sociais, Trabalhadores das Unidades Básicas de Saúde, da Gerência de Vigilância Sanitária, GESVISAT, CAPs, NASF, CREAs e CRAS, do Laboratório Raul Bacelar, do Hospital Lineu Araújo e professores, foram as categorias que fizeram a greve g…

Feliz Natal e um ano novo de muita garra e entusiasmo para as lutas futuras

Imagem
O SINDSERM saúda todos servidores, ativistas, filiados e novos concursados do funcionalismo público municipal de Teresina. Chegamos ao fim de mais um ano, em um contexto de crise econômica e política, onde o PT, PSDB, DEM, PMDB e seus aliados jogaram o país em um mar de corrupção. Além disso, ainda tentam passar para os trabalhadores o preço dessa crise, com cortes de direitos e ajuste fiscal. 2015 nós deu lições de que unificados avançaremos na conquista das nossas reivindicações e direitos. E assim vamos continuar em 2016, fortalecendo ainda mais nossa categoria. A todos, um Feliz Natal e um ano novo de muita garra e entusiasmo para as lutas futuras.

Prefeitura tenta coagir servidores a trabalhar durante férias coletivas: entenda seus direitos

Imagem
Vários servidores da educação estão procurando o SINDSERM para tirar dúvidas sobre o direito as férias, devido a uma exigência por parte da gestão do PSDB através do Secretário Municipal de Educação, ilegal no cargo, Kleber Montezuma. Os professores efetivados (contratados recentemente) da rede municipal estão sendo coagidos a trabalharem em janeiro, ministrando aulas de reforço.
Diante disso, seguem algumas orientações do SINDSERM:
A Lei n.º 2.138, de 21 de julho de 1992 (Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Teresina), no Art. 87, trata sobre o direito de férias dos servidores municipais e assegura: Art. 87. O servidor fará jus, anualmente, a 30 (trinta) dias consecutivos de férias, que podem ser acumulados até o máximo de 2 (dois) períodos, no caso de necessidade do serviço, ressalvadas as hipóteses em que haja legislação específica. § 1º - Para concessão de férias, serão exigidos 12 (doze) meses de exercício, ressalvados os casos de férias coletivas, no interesse da adm…

MPE INGRESSA COM AÇÃO CONTRA SECRETÁRIO PAULO DANTAS

Ministério Público Estadual, através do Promotor Fernando Santos, ingressa com ação improbidade administrativa contra Secretário de Administração de Firmino Filho (PSDB).
O Secretário Paulo Dantas, se recusa a dar informações a respeito da contratação de servidores terceirizados ao Ministério Público, que investiga possíveis irregularidades na contratação de servidores terceirizados por parte da Prefeitura de Teresina, tais como fraude em licitações; indicações políticas na contratação, substituição e demissão de funcionários; existência de funcionários “fantasmas” e prática de nepotismo.
A ação recai sob um gestor, que ganha mais de R$ 47 mil por mês para atacar direitos dos trabalhadores de todas as formas. Esse mês as vítimas foram os agentes de portaria, com um corte nas horas extras, que somadas, representavam uma perda de cerca de R$ 200 na remuneração final desses trabalhadores.
De acordo com matérias publicadas pelo vários veiculo de comunicação da cidade, o Ministério Público pe…

APÓS MOBILIZAÇÃO DOS AGENTES DE PORTARIA, SEMA DIZ QUE VAI PAGAR HORAS EXTRAS NESTA SEXTA

Imagem
Após mobilização dos Agentes de Portaria, a Secretaria Municipal de Administração marcou para a próxima sexta-feira (11/12) o pagamento das horas extras cortadas do contracheque desse mês. Entretanto, como não temos nenhum documento formal que assegure o retorno das horas extras para os próximos meses, na segunda-feira (14/12) faremos uma nova reunião com a categoria, as 8 horas, na sede do sindicato para debater a continuidade das mobilizações. Todos Juntos Somos Fortes

AGENTES DE PORTARIA VÃO À SEMA COBRAR HORAS EXTRAS

Imagem
Ontem, um grupo de servidores municipais passou a manhã e parte da tarde no prédio da Secretaria Municipal de Administração (SEMA) em busca de diálogo com o secretário Paulo Dantas, que ganha mais de R$47 mil por mês para acatar ordens abusivas e cortar direitos dos trabalhadores. Entretanto, a única resposta concreta que a prefeitura deu foi enviar a Polícia Militar para ameaçar e reprimir ostrabalhadores. O protesto é contra o corte de 20 horas extras nos contracheques dos agentes de portaria. Na remuneração final, esse corte representa cerca de de R$ 200 a menos para esses servidores, que trabalharam todo o mês de novembro imaginando que receberiam seu salário completo. A medida pegou a categoria de surpresa e veio nas vésperas do Natal e Réveillon. Ontem, os a gentes de portaria decidiram sair do prédio e retornar hoje pela manhã, sob promessa de reunião com o secretário. Já estamos organizando os trabalhadores e daqui a pouco voltaremos à secretaria.



SINDICATO COMBATIVO SE FAZ COM TRANSPARÊNCIA!

Imagem
No início do mês de novembro, realizamos a Assembleia Geral de Prestação de Contas – Ano 2014. A gestão “Base em Ação – Avançar com Lutas”, apresentou um demonstrativo de movimentação financeira (de janeiro a dezembro de 2014), elaborado pela assessoria contábil do SINDSERM, onde constavam todos os gastos feitos pelo sindicato no ano passado. Seguindo parecer do Conselho Fiscal do sindicato, que já havia analisado o demonstrativo anteriormente, a categoria aprovou as contas. Além da aprovação das contas, o Conselho Fiscal apresentou três recomendações, que foram apresentadas e debatidas na Assembleia. Duas delas, o sindicato já estava colocando em prática há um bom tempo, que são os critérios para as diárias estabelecidas para o serviço de Creche durante as atividades do Sindicato e os critérios para pagamento de diárias para viagens e eventos em que o sindicato participa, como congressos, reuniões da coordenação nacional da CSP Conlutas, entre outros. Outra sugestão foi uma comissão …