Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

Sindicato combativo se faz com luta e transparência!

Imagem
Sindserm realiza assembleia de prestação de contas A direção do Sindserm convocou toda a categoria para uma Assembleia Geral de prestação de contas que ocorreu no dia 27 de outubro no Auditório do Ifpi. A divulgação se deu através de nota na Tv, rádio, cartazes nos locais de trabalho, além das mídias do sindicato. A assembleia contou com a Assessoria Contábil da contadora Carla Mata, que na ocasião apresentou o balancete financeiro, produzido após a análise e recomendação de aprovação dos balancetes referente ao ano de 2015 pelo conselho fiscal da entidade. Na assembleia foi apresentado pelo Tesoureiro Junior Vieira o encaminhamento da realização de uma outra assembleia devido o quórum presente. A proposta foi acatada e nova assembleia será realizada durante o dia, no Teatro de Arena com data a definir. Segue a planilha contábil da movimentação financeira referente o ano de 2015 para apreciação da categoria.



CSP-Conlutas lança carta aberta às centrais chamando a construção da Greve Geral contra as Reformas da Previdência e Trabalhista

A Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas aprovou uma carta aberta dirigida à todas centrais sindicais do país. Esta carta faz um chamado à construção de uma mobilização unitária e de uma Greve Geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista, a PEC 241 que está em trâmite no Congresso Nacional, e o PL 257.  Esses ataques apontam um retrocesso histórico nas conquistas obtidas pelos trabalhadores brasileiros.

O texto da carta aberta segue abaixo para ampla divulgação nos meios de comunicação das entidades e movimentos:
Chamado à construção da Greve Geral contra as Reformas da Previdência e Trabalhista
Dirigimos-nos a todos os trabalhadores e especialmente às direções das centrais sindicais do país, CUT, Força Sindical, UGT, CTB, CSB, CGTB, NCST, Intersindical, mas também a todas organizações do movimento popular e estudantil para que sigamos insistindo em manter todos os TRABALHADORES UNIDOS EM DEFESA DOS DIREITOS SOCIAIS E TRABALHISTAS. É hora de organizarmos uma greve gera…

PEC 241 que retira verbas da saúde e educação por 20 anos é aprovada na Câmara vamos tomar as ruas contra essa medida

Imagem
Foi aprovada na Câmara dos Deputados nesta segunda-feira (10) por 366 votos a favor, 58 a mais que o necessário, contra 111 votos contrários e duas abstenções, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241 que retira verbas da saúde e educação por 20 anos e destrói o serviço público.
A aprovação da PEC vem sendo preparada há muito tempo pelo governo. Como parte dessas articulações, no domingo (9) o presidente Michel Temer chegou a promover um jantar refinado, com direito a champanhe e caviar, para os 400 deputados para costurar esse acordo.
A sobra indigesta desse jantar foi servida nesta segunda-feira (10) para os trabalhadores com a aprovação desta emenda. Essa medida estipula um teto de gastos nos serviços públicos prestados à população por pelo menos 20 anos, na prática, isso significa menos investimentos nesses serviços que são mais usados pela população mais pobre.
“Temer e a burguesia vêm costurando a tramitação da PEC-241 há muito tempo, porém, o desfecho aconteceu no domingo…

É HORA DE VOLTAR AS RUAS E COBRAR DO PREFEITO FIRMINO FILHO O PAGAMENTO DOS RECURSOS DO FUNDEF!

Imagem
SINDSERM convoca toda a categoria para ato público, dia 18 de outubro.
O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), além de perder R$ 25 milhões dos recursos da educação pública para o Banco do Brasil, até agora segue descumprindo a lei e ainda não repassou os 60% dos recursos do FUNDEF (Fundo de Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério) para os profissionais do magistério. Esse é o momento de unificar a categoria e fortalecer a luta e cobrança pela aplicação correta desse dinheiro.
Nesta quinta-feira (13/10), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) decidiu em sessão plenária, por maioria de votos, liberar os precatórios do antigo Fundef das prefeituras que comprovarem que os recursos estão na previsão orçamentária dos municípios deste ano.
Ao Portal Cidade Verde, a Prefeitura de Teresina alegou que os recursos já foram recebidos (perdendo R$ 25 milhões, diga-se de passagem) e estão sendo aplicados de acordo com a Lei do Fundef, que determina que os recurs…