Postagens

Mostrando postagens de 2018

Inscrição de observadores(as) ao V CONSERM

Imagem
Ficha de inscrição para observador(a) –AQUIOBSERVAÇÕES IMPORTANTES: 1 – A definição dos(as) observadores(as) se dará mediante o envio do formulário especifico a ser disponibilizado nas mídias do sindicato. O período de envio será até dia 25 de outubro de 2018; 2- O número de formulários aceitos não poderá ultrapassar o percentual de 5% dos(as) delegados(as) ao congresso. A autorização para observadores(as) será realizada pela comissão organizadora em conformidade com este percentual; 3 – Em caso de empate, será considerado (a) observador (a) servidor (a) com mais tempo de serviço na rede pública municipal. Caso persista o empate será eleito o servidor com maior idade. ORIENTAÇÕES:

Atenção aos prazos do V CONSERM!

Imagem

Ataque à democracia nas unidades de ensino na capital

Imagem
Estivemos hoje (18) na Câmara Municipal, onde estava prevista a votação do projeto de Lei que pode acabar com as eleições em unidades de ensino na capital.
O Sindicato, com a colaboração de alguns(umas) vereadores(as), conseguiu adiar, para a próxima semana, a votação do projeto que acaba com as eleições de Direções de escolas de tempo integral e todas com até três anos de funcionamento. O ataque pode afetar futuramente, e em curto espaço de tempo, todas as unidades de ensino.
Os(as) vereadores(as) Dudu, Cida, Paulo Roberto e Zé Nito, bem como o Presidente da Câmara, Jeová Alencar, já se manifestaram contra o retrocesso da democracia na rede municipal, que elege as direções das unidades de ensino desde o final da década de 1980.
O processo de eleições deste ano já foi iniciado e nomeada a Comissão Eleitoral Central com publicação no Diário Oficial do Município.
Quando a nova data da votação for definida, o que deve ocorrer na próxima semana, o SINDSERM irá divulgar novamente.

Atenção para as novas datas do V CONSERM

Em reunião realizada nesta terça-feira (16), o Conselho de Representantes de Base aprovou a mudança da data de realização do V Congresso do SINDSERM (Conserm). O evento, que é a instância máxima de decisões do Sindicato, vai reunir delegadas(os) eleitas(os) nos locais de trabalho, observadoras(es) e convidadas(os) para debater os rumos da entidade para o próximo período, discutir temas específicos da categoria, conjuntura e organização da classe trabalhadora. O Conserm ocorrerá nos dias 2, 3 e 4 de novembro no Atlantic City, bairro São João.

Outro ponto modificado foi o prazo para envio de propostas de resoluções que será até o dia 25 de outubro, às 18h. Delegadas(os) eleitas(os) devem enviar as propostas para o e-mail conserm2018@gmail.com no seguinte formato: digitadas em folha A4, fonte Arial, tamanho 12, espaçamento entre linhas de 1,15cm, margens - esquerda e superior 3cm, direita e inferior 2 cm, contendo o máximo de 1 lauda. As mesmas devem ser assinadas por, no mínimo, 25 fili…

Proposta que altera lei das eleições nas Escolas Municipais e CMEIs deve ter segunda votação até o fim da semana

Na manhã de hoje (16), entrou em pauta para votação o projeto de lei de nº 163/2018, uma proposta que visa modificar a lei e acabar com as eleições para direções de Escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) na Capital.

Em um primeiro turno de votação, o projeto de lei foi previamente aprovado, sendo necessário um segundo turno de votação que respeitará o pedido de vistas feito por dois vereadores, a vereadora Cida Santiago e o vereador Dudu. Os dois tem um prazo de 24 horas para analisarem o projeto e, assim, a segunda sessão de votação será marcada.

A proposição foi tratada em reunião entre o presidente da Câmara, Jeová Alencar (PSDB) e a diretoria do Sindicato dos(as) Servidores(as) Públicos(as) Municipais de Teresina (SINDSERM). A entidade suspeita que a intenção é fazer com que as direções nas unidades de ensino sejam ocupadas por nomeação direta, por meio do Secretário Kléber Montezuma.

É importante frisar sobre a importância do comparecimento da categoria para a …

Assembleias das(os) aposentadas(os)

Imagem

Prazo para envio de propostas de resoluções ao V Conserm

Imagem
O V Conserm está chegando e as(os) delegadas(os) que quiserem contribuir com os debates em forma de propostas de resoluções devem estar atentas(os) aos prazos.
Lembrando que, de acordo com o regimento, as propostas para serem aceitas precisam ser assinadas por, no mínimo, 25 filiados(as) ao SINDSERM. Confira o regimento completo em: https://bit.ly/2QtZ0TD 


Saiba como identificar e não se deixar enganar pelas mentiras e desinformação das “Fake News”

Além da polarização política que marca as eleições deste ano no Brasil, estudiosos tem apontado que o uso das redes sociais e sua influência no processo eleitoral também é destaque. Mas, mais do que o uso dos aplicativos em si, o que chama a atenção é a disseminação indiscriminada de notícias falsas, as chamadas “Fake News”.
No último domingo (7), em pleno 1° turno das eleições, um vídeo viralizou no Facebook e pelo WhatsApp. Nas postagens, um eleitor seleciona a tecla 1 e automaticamente aparecia o número 13 e o candidato Fernando Haddad na urna. O vídeo chegou a ser compartilhado pelo filho do candidato Jair Bolsonaro, que acusou fraude.
Facilmente podia ser identificado que o vídeo é uma montagem grosseira de edição. No mesmo dia, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) esclareceu que o vídeo é falso e foi editado, e que não há possibilidade de tal problema ocorrer. Um técnico explicou como a montagem foi feita.
Mas até então, o estrago já estava feito. O vídeo foi visto por milhares,…

Confira as atrações do Projeto Cultural Laborarthe desta sexta-feira (5)

Imagem

Nota das Centrais sobre proposta de Temer para a Previdência: se botar pra votar, o Brasil vai parar!

EM DEFESA DA APOSENTADORIA PÚBLICA Se botar pra votar, o Brasil vai parar!
(Confira a nota unitária elaborada pelas centrais sindicais)
Reunidas nesta terça-feira, 2 de outubro, as Centrais Sindicais CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central, CSB, CSP-Conlutas e Intersindical reafirmaram sua posição contrária a qualquer proposta de reforma que fragilize, desmonte ou reduza o papel da Previdência Social Pública.
Em 2017 fizemos uma Greve Geral que mobilizou mais de 40 milhões de trabalhadores e trabalhadoras em defesa da aposentadoria. Se o governo insistir em atacar a Previdência Social Pública, o Brasil irá parar mais uma vez.
Não aceitaremos que a classe trabalhadora pague mais outra vez a conta. Não aceitaremos o desmonte e a entrega da Previdência Social para o sistema financeiro. 
A sociedade deseja paz, liberdades democráticas, segurança e respeito aos seus direitos, que só virão com a garantia do emprego, salário digno e do acesso a direitos fundamentais, como saúde, educaçã…

Assembleia Geral com Paralisação nesta quinta-feira, dia 4

Imagem

Setorial de Mulheres no SINDSERM em ato contra o fascismo em Teresina #EleNão

Imagem
Neste sábado (29), o Coletivo de Gênero e Classe do SINDSERM Teresina esteve representado por seu Setorial de Mulheres na coordenação de um Ato Histórico em Teresina, juntamente com dezenas de outras organizações, e que ocorria simultaneamente em dezenas de cidades em todo o país.

Cerca de 10 mil manifestantes, na sua imensa maioria mulheres, fizeram uma linda passeata, iniciando na Praça da Liberdade, percorrendo toda a Avenida Frei Serafim e encerrando com um Show de Artistas locais, no Espaço Cultural Francisco das Chagas Júnior, localizado embaixo da Ponte Juscelino Kubistchek.

O mini trio alugado pelo SINDSERM, por solicitação das organizações de mulheres, foi pequeno para tanta energia que estas EXTRAORDINÁRIAS mulheres demonstraram em discursos contra o fascismo, o machismo, a violência contra as mulheres, LGBTQIs, negras e negras, indígenas e imigrantes.

O dia 29 de setembro de 2018 foi motivo de nos orgulharmos das mulheres do Piauí, que foram às ruas em várias cidades, exigi…

Centrais sindicais divulgam nota de repúdio a Bolsonaro e seu projeto contra os trabalhadores

Dirigentes de seis centrais sindicais brasileiras divulgaram neste sábado (22), uma nota de repúdio ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL).
O texto intitulado “Sindicalistas contra o projeto fascista de Bolsonaro” é assinado pela CSP-Conlutas, Força Sindical, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), CSB, Nova Central e Intersindical.
A nota classifica Bolsonaro como “anti-trabalhadores” e repudia o candidato do PSL “por sua postura antidemocrática, intolerante com minorias, que faz apologia da violência, e pela sua conivência com práticas repugnantes, como a defesa de torturadores”.
O repúdio ao candidato do PSL à presidência da República, Jair Bolsonaro, segue crescendo. As pesquisas eleitorais revelam que o candidato tem a maior taxa de rejeição entre todos os presidenciáveis, ultrapassando 40%, sendo que entre as mulheres a rejeição alcança 50%.
Nas últimas semanas, além do movimento #EleNão organizado por mulheres, torcidas organizadas de futebol também…

Campanha de ajuda à Ediberto Gomes de Oliveira, servidor municipal diagnosticado com doença rara

O SINDSERM se solidariza na campanha em prol de Ediberto Gomes de Oliveira, servidor municipal, filiado ao Sindicato. Ele foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica, doença do sistema nervoso que enfraquece os músculos e afeta as funções físicas. Os familiares estão fazendo uma vaquinha virtual para arrecadar fundos para o tratamento da doença.
Um dos medicamentos que podem ajudar no tratamento, o Edaravone, é encontrado no Japão, pois trata-se de uma medicação de difícil acesso no Brasil por não ser aprovada. A família já fez um investimento inicial no valor de R$ 15 mil que é referente a 100 ampolas da medicação japonesa que corresponde a 4 meses de tratamento. O Edaravone precisa ser usado de maneira contínua.
Conta para ajudar no tratamento: Banco do Brasil Agência: 3506-8 Conta: 1092-8 Variação: 51
Link para vaquinha virtual: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cura-da-ela
No instagram, a esposa de Ediberto está disponibilizando também uma Rifa Solidária que foi publicada por me…

SINDSERM realiza reuniões da coordenação de aposentadas(os) e do Coletivo de Gênero e Classe

Imagem
Nesta semana, duas importantes reuniões aconteceram no SINDSERM: a coordenação de aposentadas(os) e o Coletivo de Gênero e Classe. Os espaços têm o objetivo de organizar lutas específicas dos seguimentos e orientar as ações do Sindicato perante as demandas indicadas. Além das pautas específicas, as reuniões também abordaram informes do setor jurídico, agenda de lutas e esclarecimento de dúvidas. 
Aposentadas(os)
No dia 12, a coordenação de aposentadas(os) reuniu parte da base da categoria para dialogar sobre a necessidade de continuação das atividades para estas(es) servidoras(es) que não fogem da luta e sabem que o Sindicato é um instrumento importante para centralizar políticas que beneficiem também este setor. 
A coordenação pretende funcionar periodicamente. Junto com a Direção, deverão organizar uma excursão com aposentadas(os) para, não apenas proporcionar entretenimento, oportunizar também debates, discussões sobre temas relevantes, organizar a participação em Assembleias, reun…

Servidoras(es) da saúde paralisam amanhã (13)

Imagem
A falta de condições de trabalho e insegurança nas unidades de saúde do município têm causado a indignação da categoria que vem denunciando o descaso com a saúde municipal de Teresina. Amanhã, quinta-feira (13), a partir das 8h, servidoras(es) estarão em frente ao Palácio da Cidade para exigir respeito.
Durante a atividade será divulgada a resposta da Fundação Municipal de Saúde (FMS) acerca das reivindicações protocoladas e o resultado da ação judicial que o SINDSERM impetrou para garantir retorno da gratificação de insalubridade retirada indevidamente dos contracheques de servidoras(es).
COMPAREÇA! SUA PRESENÇA É MUITO IMPORTANTE! Confira na matéria que saiu em veículos da imprensa local na manhã desta quarta-feira (12).

Edição de setembro do projeto cultural LaborArthe

Imagem
A edição do mês de setembro do projeto cultural LaborArthe aconteceu no dia 6, reunindo os participantes para celebrar a arte e as lutas sociais. Na programação, o evento contou com a banda Dom Breguête, caricaturas ao vivo de Dino Alves e oficina de pintura e contação de histórias para crianças.
Ainda teve espaço para despertar debates sobre as principais lutas das(os) trabalhadoras(es) através da arte. Além disso, o microfone foi ocupado pela espontaneidade das chamadas “canjas”.
O projeto é realizado pela Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer do SINDSERM uma vez por mês, tradicionalmente na primeira sexta. O objetivo é valorizar iniciativas culturais locais e apresentações nas áreas de música, teatro, dança, literatura, dentre outras. O evento acontece no estacionamento em frente à sede do SINDSERM, localizada na rua Quintino Bocaiúva, nº 446, centro-norte.
















<

Servidoras(es) da saúde municipal exigem segurança e melhores condições de trabalho

Imagem
Servidoras(es) da saúde exigem condições para trabalhar com segurança e proteção contra a crescente violência que atinge toda a população e os locais de trabalho.

Na próxima quinta-feira, dia 13, a partir das 8h, a categoria estará em Assembleia Geral com Paralisação da Saúde Municipal em frente à sede da Prefeitura de Teresina. O movimento é uma advertência e caso não haja resposta satisfatória, as(os) trabalhadoras(es) estão dispostas(os) a paralisar por tempo indeterminado.