19 de fevereiro é dia de Greve Geral!



Em Assembleia Geral do Sindicato das(os) Servidoras(es) Públicas(os) Municipais de Teresina (SINDSERM), realizada na manhã desta quinta-feira (08), as(os) servidoras(es) aprovaram uma Greve Geral em 19 de fevereiro. A categoria vai participar da agenda de lutas nacional marcada para esta data contra a Reforma da Previdência, com possibilidade da greve municipal continuar por tempo indeterminado, o que será analisado em nova assembleia na mesma data.

A intenção de colocar a Reforma da Previdência para votação até o fim deste mês de fevereiro tem reunido lideranças do governo na Câmara Federal para articular todos os acordos possíveis que façam o projeto passar ainda este ano. Mesmo com alterações, a essência do texto continua a mesma e significa o fim do direito à aposentadoria para a classe trabalhadora.

Se a reforma for aprovada, a idade mínima aumenta, ficando em 65 anos para homens e 62 anos para as mulheres. Além disso, para receber o benefício integral, o(a) trabalhador(a) terá de contribuir 40 anos, ou 15 anos para recebimento proporcional. Mudanças na regra de transição podem aumentar o tempo de serviço do contribuinte e os novos cálculos reduzirão o valor final do benefício.

Outro ponto é a redução da pensão por morte que será reduzida à metade, com um adicional de 10% a cada dependente com até 18 anos de idade. Os produtores rurais só poderão se aposentar após 15 anos de contribuição comprovada. E para completar as mentiras usadas pelo governo, querem colocar na cabeça da população que os(as) servidores(as) são privilegiados(as). No entanto, sabemos que o setor é submetido as mesmas regras do serviço privado, as categorias pagam 11% dos salários para a previdência e continuam o pagamento mesmo depois de aposentados.

Os governistas já chegam a admitir que não tem maioria na Câmara para aprovar a reforma. E para enterrarmos de vez este projeto nefasto, vamos construir e realizar uma grande Greve Geral que está sendo convocada pelas centrais sindicais em todo o país. Ela será fundamental para barrar a Reforma da Previdência.

Mobilize seu local de trabalho e compareça à Assembleia Geral marcada para às 8h, no dia 19 de fevereiro, no Teatro de Arena. Às 10h estaremos reunidos com todos os movimentos sociais e sindicais em um grande ato público do Dia Nacional de Lutas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Afinal o que é o HP?