Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2018

OMS deixa de classificar transexualidade como doença mental

A Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou nesta segunda-feira (18) uma nova edição da Classificação Internacional de Doenças (CID), na qual a transexualidade foi retirada da lista de transtornos mentais.
Segundo a nova classificação (CID-11), as identidades trans deixam de ser consideradas “transtorno de gênero” e passam a ser diagnosticadas como incongruência de gênero, uma condição relativa à saúde sexual.
Na prática, isso significa que a transexualidade deixa de ser encarada como a esquizofrenia, a cleptomania e a depressão (todas estas consideradas transtornos mentais) e passa a ser tratada como a ejaculação precoce ou a disfunção erétil (consideradas condições relativas à saúde sexual).
O raciocínio é que as evidências agora são claras de que [a incongruência de gênero] não é um transtorno mental, e classificá-la desta maneira pode causar enorme estigma para as pessoas transgênero.
Diz a coordenadora da Equipe de Adolescentes e Populações em Risco da OMS, Lale Say, no site da ins…

Exigimos negociação! Assembleia Geral unificada acontece na próxima terça-feira (19)

Imagem
A próxima Assembleia Geral do SINDSERM parte de uma convocação unificada com outros Sindicatos da base da categoria que denunciam as arbitrariedades de Firmino (PSDB) e seus secretários. O ESTADO DE GREVE e as mobilizações permanentes são a continuidade dos 16 dias de intensas atividades na Greve Geral do Serviço Público Municipal. 

Já denunciamos o anúncio de mais um ataque que é a retirada da insalubridade de servidoras(es) da área da saúde como assistentes sociais, psicólogos, técnicos administrativos, técnicos em radiologia, farmacêuticos, dentre outros. No dia 11 de junho, o SINDSERM protocolou um pedido de reunião para tratar do assunto com o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Sílvio Mendes (Progressistas). Como não houve resposta a tempo da Assembleia Geral realizada ontem (14), a categoria aprovou a continuidade das mobilizações e a Assembleia do dia 19 acontecerá em frente à sede da FMS.


A categoria não permitirá nenhuma retirada de direitos! Nos locais de traba…

Classificados no concurso da Semec, realizado em 2014, temem perder as vagas

Cerca de 40 classificados e outros aprovados no concurso da Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec), realizado no ano de 2014, vivem momentos de incerteza quanto a convocação. Isso porque está encerrando o período do certame e dos prazos dados pela legislação eleitoral para nomeações.
A data limite é até 07 de julho, e de acordo com um dos classificados, que preferiu não se identificar, a Prefeitura de Teresina não deu nenhum parecer. “Até o momento nenhuma resposta acerca de alguma convocação até a data de encerramento”, afirma.
Os professores alegam ainda mais preocupações, pois no final de 2017, a PMT divulgou no Diário Oficial do Município, que estaria apta para realização de novo concurso em 2018. As vagas são para o mesmo cargo onde já existem candidatos habilitados para assumirem as vagas.
“É algo entorno de 150 vagas, somos, aproximadamente, 60 classificados. O nosso receio é da PMT não nos convocar devido já preencher as vagas previstas no edital de 2014”, pontua.
Pa…

Servidoras(es) da saúde e assistência em alerta contra mais um ataque de Sílvio(Progressistas) e Firmino(PSDB)

Imagem
Uma comissão de servidoras assistentes sociais em atuação no município, estiveram reunidas na quinta-feira (07) com representantes da Direção e Assessoria Jurídica do SINDSERM, e com a presidente do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Piauí (SINDASPI). 
O encontro tratou sobre o anúncio da retirada de insalubridade de assistentes sociais da área da saúde e a comissão, através do SINDSERM, solicitará uma reunião com a Fundação Municipal de Saúde (FMS) para tratar do assunto e, caso não seja recebida, novas ações serão definidas.
Farmacêuticos do município de Teresina também se reuniram com o SINDSERM, hoje (13), para debater a questão.
O caso será tratado na Assembleia Geral de servidoras(es) municipais no dia 14 de junho, a partir das 8h, no Teatro de Arena.
Outros setores da categoria, que também devem ser afetados por mais esse ataque, estarão mobilizados.


SINDSERM participa da Frente Popular de Mulheres Contra Feminicídio

Imagem
As mulheres trabalhadoras estão organizadas para lutar contra a opressão machista e se movem para não morrer na luta contra o feminicídio. Ontem, dia 11, estiveram reunidas representantes de vários movimentos para debater ações de exigência aos governos estadual e municipal na efetivação de políticas em defesa das mulheres.



Assembleia Geral, quinta-feira, dia 14 de junho

Imagem
Na última Assembleia Geral, durante a Greve do Serviço Público Municipal, foi aprovado o estado de greve. As lutas continuam! Todas(os) à Assembleia Geral na próxima quinta-feira, dia 14.

Exigimos negociação, reajuste de 2017 e mudanças de nível, já!

Participe!

Imagem