Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014
Imagem
PREFEITO ROUBA SALÁRIO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO


Desde junho vários professores e pedagogos tiveram seu direito a férias e décimo terceiro usurpados pelas medidas arbitrárias do  secretário municipal Kleber Montezuma, secretário de administração Charles Max e o prefeito Firmino Filho que seguem descumprindo leis, exercendo a ditadura e gerenciando a cidade como um balcão de negócios para o setor privado. E para isso, atacam os servidores públicos com baixos salários, assédio moral, inviabilizando as mudanças de nível e até cortando pagamentos como ocorreu com  os professores em uma explícita perseguição política aqueles(as) que lutam por seus direitos e melhorias das condições de vida e de trabalho. Convocamos todos(as) do magistério que ainda não receberam seus pagamentos  para  compareceram ao SINDSERM.
ABAIXO A DITADURA FIRMINO FILHO!
LUTAR É DIREITO!







SINDSERM CONVOCA:ASSEMBLEIA GERAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS COM PARALISAÇÃO

Imagem

DATAS DAS ASSEMBLEIAS GERAL DO SINDSERM NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014

Imagem

NOTA DE PESAR

Imagem
NOTA DE PESAR:

Lamentamos informar o falecimento da professora Haudália Magna Verçosa de Sousa.
A professora Haudália,lecionou na rede estadual de educação e no IFPI de Floriano.
O velório ocorre na Pax União e o sepultamento será no Cemitério da Vermelha,às 18:00 h de hoje.

MOÇÃO DE APOIO DAS ENTIDADES PRESENTES NA REUNIÃO REGIONAL DA CSP CONLUTAS NORDESTE AO SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS – SINDSERM /TERESINA

http://cspconlutas.org.br/2014/07/1a-plenaria-nordeste-da-csp-conlutas-discute-desafios-e-atuacao-da-central-nas-lutas/

MOÇÃO DE APOIO DAS ENTIDADES PRESENTES NA REUNIÃO REGIONAL DA CSP CONLUTAS NORDESTE AO SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS – SINDSERM /TERESINA

Os sindicatos, entidades de classe, oposições sindicais, movimento estudantil e movimentos sociais presentes na reunião regional da CSP CONLUTAS Nordeste realizada no dia 16 de julho de 2014 aprovam essa moção de apoio e solidariedade ao Sindserm que desde janeiro de 2014 vem sofrendo processo de perseguição política e ações antissindicais por parte da gestão do PSDB na prefeitura municipal de Teresina (PMT). A PMT cortou o repasse da contribuição dos associados ao sindicato, inclusive com a desobediência de decisão judicial, fato que tem prejudicado substancialmente as atividades políticas da entidade, bem como o próprio funcionamento, afetando o pagamento de funcionários, fornecedores etc.  Sabemos que tal ataque ocorr…

DO ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS:

Imagem
Art. 216. Ao servidor público civil é assegurado, nos termos da Constituição Federal, o direito à livre associação sindical e os seguintes direitos, entre outros, dela decorrentes:

c) descontar em folha, sem ônus para a entidade sindical ou associação a que for filiado, o valor das mensalidades, contribuições e outros expressamente autorizados pelo servidor;

A DITADURA DO PSDB FRENTE A PMT segue descumprindo leis, desrespeitando o estatuto do servidor,a constituição e as sentenças judiciais.
Há 07 meses a PMT numa ação arbitrária e ilegal,e sem qualquer fundamentação,tem tolhido os servidores publicos municipais do DIREITO A LIVRE ASSOCIAÇÃO SINDICAL.
Um sindicado combativo formado por uma categoria consciente e aguerrida como o SINDSERM TERESINA representa um perigo para a gestão de arrocho salarial,perseguição,repressão e assédio moral como a gestão do FIRMINO FILHO(PSDB) o ataque foi articulado inicialmente pelo Sec. de Educação Montezuma,que numa atitude invasiva e …

RUMO À CONSTRUÇÃO DE UM NOVO PONTO DE PARTIDA PARA AS LUTAS EM DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA!

Imagem
As entidades signatárias da Convocatória do ENE se dirigem ao conjunto dos sindicatos, movimentos sociais, entidades acadêmicas, movimentos estudantis e partidos, comprometidos com a causa da educação pública, gratuita, laica, universal, unitária, livre de qualquer forma de opressão, conclamando a construção do ENE, objetivando criar um novo ponto de partida para a unificação das lutas em defesa da educação pública.

A conjuntura educacional dos anos 2000 foi marcada pela ação organizada do capital, reunido na coalizão de frações das classes dominantes “Todos pela Educação” e, ainda, pelo controle crescente das instituições educacionais pelo setor financeiro, por meio dos fundos de investimentos. Tal quadro exige uma profunda reavaliação das formas organizativas das lutas em defesa da educação pública construídas pelo Fórum Nacional em Defesa da Escola Pública (FNDEP) desde a Constituinte de 1987. A necessidade de repensar a organização se deve à ruptura dos consensos que, até então, …

A GESTÃO DO PREFEITO FIRMINO FILHO (PSDB) DECLAROU GUERRA A TODOS OS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE TERESINA E DEBOCHA DA JUSTIÇA DESCUMPRINDO LEGISLAÇÕES E SENTENÇAS JUDICIAIS.

Imagem
A GESTÃO DO PREFEITO FIRMINO FILHO (PSDB) DECLAROU GUERRA A TODOS OS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE TERESINA E DEBOCHA DA JUSTIÇA DESCUMPRINDO LEGISLAÇÕES E SENTENÇAS JUDICIAIS

Desde o início do ano de 2014, os ataques do ditador Firmino Filho (PSDB), foram intensificados das mais diversas formas, mostrando que esta gestão desrespeita e passa por cima do estatuto dos Servidores Públicos Municipais, do PCCS (Plano de Cargos Carreiras e Salários dos Servidores), e até da própria Constituição Federal, não restando a menor dúvida do real interesse dessa gestão em intensificar o assedio moral e a perseguição  aos servidores, bem como beneficiar os aliados políticos e financiadores de campanha do PSDB.
PONTUANDO OS ATAQUES:
1 – ATAQUE À LIBERDADE SINDICAL: ação articulada entre SEMEC, SEMA, SEMF e PMT para desrespeitar o Estatuto do Servidor Municipal (Lei n.º 2.138) e não realizar o desconto sindical dos profissionais do Magistério desde o mês de janeiro, em uma tentativa de fragilizar as…

INFORMES SOBRE O PAGAMENTO DO ABONO FÉRIAS E 13º SALÁRIO:

* Os servidores excluídos do abono e do décimo terceiro foram os pedagogos, diretores, diretores adjuntos,diretores pedagógicos,parte dos professores e os diretores do SINDSERM em mandato classista,e servidores que gozam de licença.

* A alegação da GERÊNCIA DA SEMEC DE RECURSOS HUMANOS frágil e com o intuito claro de prejudicar os servidores foi de que:
DIRETORES,DIRETORES PEDAGÓGICOS , DIRETORES ADJUNTOS, PEDAGOGOS E DIRETORES EM MANDATO CLASSISTA NÃO FORAM INCLUÍDOS DEVIDO RECUSA E FALHA NO SISTEMA OPERACIONAL DA SEMA,CONTUDO,ESSES SERVIDORES RECEBERÃO EM FOLHA SUPLEMENTAR DIA 10 DE JULHO.

* Para os professores também excluídos a alegação foi de que só receberam o referido abono e 13º os professores que tiverem cumprido 100 dias letivos mediante calendário apresentado na referida gerência, ou seja todas as escolas que apresentaram calendário com cumprimento de carga horaria e 100 dias letivos até o dia 27.07 .2014 receberam os demais só receberão mediante comprovação das referidas ativ…