Nenhum aumento nas passagens de ônibus!!

R$ 1,90 é absurdo, R$ 2,40 é roubo!
 Passe livre para estudantes e desempregados




A passagem de ônibus em Teresina é uma das mais caras do país, considerando que os percursos aqui são os menores entre as capitais. Mesmo assim, o prefeito Elmano Ferrer (PTB) e o SETUT querem aumentar o preço da passagem de R$ 1,90 para R$ 2,40, atingindo diretamente a população pobre que sofre com a queda na qualidade do serviço de transporte coletivo (ônibus desconfortáveis, superlotação, atrasos, congestionamentos, paradas de ônibus inadequadas, entre outros).

O Ministério Público Estadual (MPE) já vem questionamento o preço R$ de 1,90, afirmando que a planilha de custo apresentada pelos empresários e a STRANS está ultrapassada, e por isso, a promotoria já pediu a revisão dessa planilha e determinou uma auditoria nas empresas de transporte.

Para impedir mais um aumento abusivo, a população teresinense precisa se mobilizar. Nesse sentido, o Fórum Estadual em Defesa do Transporte Público, formado pelas entidades abaixo relacionadas, convoca entidades sindicais, estudantis e populares e a população usuária de transporte coletivo a se engajar na luta em defesa do transporte público estatal e de boa qualidade.

ATO CONTRA O AUMENTO DA PASSAGEM DE ÔNIBUS EM TERESINA
DIA 11 DE AGOSTO – Quinta-feira
Concentração na Praça do Liceu e passeata para a prefeitura, às 8h.


Fórum Estadual em Defesa do Transporte Público:
CSP Conlutas/ CTB / ANEL – Assembléia Nacional dos Estudantes Livre/ Movimento Barricadas Abrem Caminhos / ENECOS – Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação Social / FENED- Federação Nacional dos Estudantes de Direito / UMES – União Municipal dos Estudantes Secundaristas / CAJUINA – Centro de Assessoria Jurídica Popular de Teresina / DCE - UFPI / DCE - CEUT / Grêmios Estudantis / SINDSERM /ADCESP/ SINDCEFET / SINTECT – PI / SINTRAJUFE – PI / FAMEPI / SINDCOMERCIÁRIOS / PSTU / PSOL / PCB.  

Comentários

  1. Se a prefeitura trabalha realmente pelo povo, não aceitará esse aumento. Aumento na passagem é igual compra de mais motos e carros, que é igual encarecimento de manutenção nas ruas e avenidas, e aumento de acidentes. Sairá mais caro para a prefeitura. Sem contar que o prefeito e seu partido perderá grande parcela dos votos nas próximas eleições.

    ResponderExcluir
  2. Se a prefeitura trabalha realmente pelo povo, não aceitará esse aumento. Aumento na passagem é igual compra de mais motos e carros, que é igual encarecimento de manutenção nas ruas e avenidas, e aumento de acidentes. Sairá mais caro para a prefeitura. Sem contar que o prefeito e seu partido perderá grande parcela dos votos nas próximas eleições.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.