A luta pela valorização do serviço público segue forte!

Após várias denúncias do SINDSERM, em articulação com outras entidades de classe e o Ministério Público (onde foram organizadas manifestações, carta aberta à população e audiências públicas), a Prefeitura de Teresina recuou na proposta de abrir a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Renascença através de uma Organização Social.

A unidade será aberta com a contratação de trabalhadores efetivos. Isso, não por vontade do Prefeito, mas pela pressão social exercida pelas entidades de classe! TODOS JUNTOS SOMOS FORTES!
Sabemos que a proposta de Firmino Filho (PSDB) é mais uma tentativa de privatizar a saúde do nosso município e isso não podemos aceitar. Saúde é um direito público e não uma mercadoria!

- Saúde é um direito público!
- Contra a privatização da saúde
- Terceirização é precarização do serviço!
- Pela abertura de todas as UPAs com trabalhadores concursados e efetivos
- Convocação de todos os classificados, JÁ!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!