AGENTES DE PORTARIA VÃO À SEMA COBRAR HORAS EXTRAS

Ontem, um grupo de servidores municipais passou a manhã e parte da tarde no prédio da Secretaria Municipal de Administração (SEMA) em busca de diálogo com o secretário Paulo Dantas, que ganha mais de R$47 mil por mês para acatar ordens abusivas e cortar direitos dos trabalhadores. Entretanto, a única resposta concreta que a prefeitura deu foi enviar a Polícia Militar para ameaçar e reprimir os trabalhadores.
O protesto é contra o corte de 20 horas extras nos contracheques dos agentes de portaria. Na remuneração final, esse corte representa cerca de de R$ 200 a menos para esses servidores, que trabalharam todo o mês de novembro imaginando que receberiam seu salário completo. A medida pegou a categoria de surpresa e veio nas vésperas do Natal e Réveillon.
Ontem, os a gentes de portaria decidiram sair do prédio e retornar hoje pela manhã, sob promessa de reunião com o secretário. Já estamos organizando os trabalhadores e daqui a pouco voltaremos à secretaria.




Comentários

  1. É incrível. Fazemos 120 horas extras todo mês, tento explicar que somos estatutários 30 horas semanais e ninguém entende. Recebiamos 60 horas extras agora só 40 horas. Prejuízo de 80 horas que fazemos de graça todo mês. E vem então a pergunta: somos obrigados a trabalhar de graça? pessoal a escravidão foi abolida ou não?

    ResponderExcluir
  2. É incrível. Fazemos 120 horas extras todo mês, tento explicar que somos estatutários 30 horas semanais e ninguém entende. Recebiamos 60 horas extras agora só 40 horas. Prejuízo de 80 horas que fazemos de graça todo mês. E vem então a pergunta: somos obrigados a trabalhar de graça? pessoal a escravidão foi abolida ou não?

    ResponderExcluir
  3. É incrível. Fazemos 120 horas extras todo mês, tento explicar que somos estatutários 30 horas semanais e ninguém entende. Recebiamos 60 horas extras agora só 40 horas. Prejuízo de 80 horas que fazemos de graça todo mês. E vem então a pergunta: somos obrigados a trabalhar de graça? pessoal a escravidão foi abolida ou não?

    ResponderExcluir
  4. É incrível. Fazemos 120 horas extras todo mês, tento explicar que somos estatutários 30 horas semanais e ninguém entende. Recebiamos 60 horas extras agora só 40 horas. Prejuízo de 80 horas que fazemos de graça todo mês. E vem então a pergunta: somos obrigados a trabalhar de graça? pessoal a escravidão foi abolida ou não?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.