1º de Maio na Paulista | SINDSERM denuncia ataques aos servidores municipais de Teresina

O SINDSERM já está na Av. Paulista, um dos principais centros econômicos do país, para somar forças com milhares de outros trabalhadores, sindicatos, movimentos sociais, estudantis e populares, que buscam uma alternativa para a classe trabalhadora, diante desse cenário de crise econômica, corrupção e retirada de direitos. São milhares de trabalhadores, de todo o país, que tomaram a Avenida Paulista em defesa dos diretos e contra os ataques dos governos.

Estamos há mais de um mês em greve, fazendo denúncias diárias contra os ataques do Prefeito Firmino ao direito dos trabalhadores. Só que os ataques que sofremos não vêm apenas do Prefeitura. Existe uma política nacional de desvalorização dos servidores públicos e de privatização, que nos afeta diretamente. O Dia 1º de Maio na Paulista foi um movimento nacional, que reuniu diversos sindicatos e movimentos sociais do país, onde o objetivo comum era se contrapor a essa política de desvalorização e fortalecer a classe trabalhadora.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Afinal o que é o HP?