MOÇÃO DE APOIO DAS ENTIDADES PRESENTES NA REUNIÃO REGIONAL DA CSP CONLUTAS NORDESTE AO SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS – SINDSERM /TERESINA

http://cspconlutas.org.br/2014/07/1a-plenaria-nordeste-da-csp-conlutas-discute-desafios-e-atuacao-da-central-nas-lutas/

MOÇÃO DE APOIO DAS ENTIDADES PRESENTES NA REUNIÃO REGIONAL DA CSP CONLUTAS NORDESTE AO SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS – SINDSERM /TERESINA


Os sindicatos, entidades de classe, oposições sindicais, movimento estudantil e movimentos sociais presentes na reunião regional da CSP CONLUTAS Nordeste realizada no dia 16 de julho de 2014 aprovam essa moção de apoio e solidariedade ao Sindserm que desde janeiro de 2014 vem sofrendo processo de perseguição política e ações antissindicais por parte da gestão do PSDB na prefeitura municipal de Teresina (PMT).
A PMT cortou o repasse da contribuição dos associados ao sindicato, inclusive com a desobediência de decisão judicial, fato que tem prejudicado substancialmente as atividades políticas da entidade, bem como o próprio funcionamento, afetando o pagamento de funcionários, fornecedores etc. 
Sabemos que tal ataque ocorre no momento em que a conjuntura do país demonstra que os trabalhadores de conjunto estão mais dispostos a se enfrentarem com os patrões, governos e injustiças em geral, fato observado a partir das jornadas de junho, dos enfrentamentos durante a Copa e nas lutas setoriais e campanhas salariais.  
A reação do capital e seus governos vem na proporção de grandes repressões, perseguições políticas e criminalização das lutas e dos lutadores, com desrespeito aos direitos mínimos democráticos tais como a greve e organização de trabalhadores nas suas entidades. 
Neste sentido nos solidarizamos com o SINDSERM e sua atual Gestão "Base em Ação - Avançar com lutas (2014-2017)" e nos comprometemos a apoiar as atividades políticas da campanha de defesa do sindicato e dos seus filiados, a ajudar com o processo de autorização de débito em conta para retomar as finanças do sindicato e do ato público no dia 28 de agosto.
Nos comprometemos a encaminhar a discussão da solidariedade financeira, a partir de empréstimos, para garantir o funcionamento do sindicato enquanto se desenvolve a campanha na base para sustentação da entidade.

Abaixo as ações antissindicais da Prefeitura de Teresina!
Lutar é um direito!
Pela livre associação sindical dos trabalhadores!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.