SINDSERM convoca: Greve Geral para barrar os ataques contra a classe trabalhadora

Enquanto o SINDSERM encaminha decisão votada e aprovada em Assembleia Geral em relação aos indícios de crime de responsabilidade cometido pelo prefeito Firmino Filho (PSDB), a outra tarefa de toda a categoria é a organização da Greve Geral do próximo dia 30. Em todo o país, as(os) trabalhadoras(es) sairão novamente às ruas para barrar os ataques de Temer (PMDB), dos corruptos do Congresso e, em Teresina, o serviço público municipal irá reforçar a luta contra os ataques de Firmino.

Já temos 40 outdoors por toda a capital, perguntando: Cadê o dinheiro do reajuste anual? Para o prefeito que já anuncia na imprensa que não pagará o reajuste das(os) servidoras(es) alegando crise econômica, causa estranhamento o que já foi denunciado sobre, por exemplo, o que foi feito com o dinheiro do FUNDEF em Teresina:  http://zip.net/bttLGh. (E ainda protege o secretário “lagarta”).

O SINDSERM vai exigir tomar as providências judiciais para punir responsáveis por atos de improbidade para que o magistério recebe o que lhe é de direito. Compareça e ajuda a construir a próxima Assembleia Geral: 30 de junho, 8h, no Teatro de Arena.

GREVE GERAL!

FORA TEMER E TODOS OS(AS) CORRUPTOS(AS) DO CONGRESSO!
ANULAÇÃO JÁ, DE TODOS OS ATAQUES À CLASSE TRABALHADORA!
PRISÃO PARA CORRUPTOS E CORRUPTORES, COM O CONFISCO DE SEUS BENS!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!