SINDSERM convoca trabalhadores do Magistério para Paralisação Nacional

Dias 15, 16 e 17 de Março, o SINDSERM está convocando todo o magistério para uma Paralisação Nacional da Educação, onde queremos debater com a categoria sobre a Reformulação do Plano de Cargos Carreira e Salário (PCCS), as Mudanças de Nível e Campanha Salarial, afim de organizar a luta da categoria para 2016.

O ano de 2016 já começou com diversos ataques aos direitos dos trabalhadores. A CSP-Conlutas, central sindical na qual o SINDSERM Teresina é filiado, aponta que diante do papel de sustentação do governo Dilma pela maioria das centrais sindicais (principalmente a CUT) e das frentes de apoio que se formaram em torno do governo, é necessário a construção de um polo alternativo ao governismo e à oposição de direita. 

Um polo no qual o sentido geral da luta contra o governo, a oposição burguesa e os patrões deve ser parte de todas as iniciativas que participarmos, de todas as lutas imediatas, de todas as nossas ações. 

Na Assembleia do dia 3/02, aprovamos a incorporação ao calendário nacional de mobilização, votado e aprovado pela Coordenação Nacional da CSP-Conlutas. A Central já se prepara para um ato nacional do 1º de Maio, em São Paulo, convidando todas as organizações e aos setores da esquerda classista para que se somem à iniciativa. 


A Coordenação aprovou um calendário de mobilização:


26 a 28 de fevereiro – Encontro Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

8 de março – Dia Internacional de Luta da Mulher Trabalhadora

1º de abril – Dia Nacional de Luta contra as mentiras do governo e dos patrões

2 e 3 de abril – Seminário Nacional sobre Terceirização

28 de abril – Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças Relacionadas ao Trabalho

1º de maio – Dia dos Trabalhadores e Trabalhadoras

16 e 17 de junho – Encontro Nacional da Educação


  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!