SINDSERM participa de Seminário Jurídico Nacional da CSP-Conlutas e Coordenação Nacional

Ariadne Farias e Cayro Burlamaqui, da Assessoria Jurídica do SINDSERM, estão na cidade de São Paulo participando do Seminário Jurídico Nacional da CSP-Conlutas que começou na quinta-feira (22). O evento tem como tema: “Fortalecer o classismo e as lutas contra a desregulamentação neoliberal dos direitos”.

O seminário foi chamado para discussão do cenário de desregulamentação de direitos trabalhistas e sindicais no país pós-Reforma Trabalhista e agenda neoliberal de ajustes dos governos e, acima de tudo, organizar e fortalecer a ação da CSP-Conlutas e suas entidades para enfrentar esse cenário.

A programação do encontro inclui temas como a análise e discussão das leis 13.467/17 (Reforma Trabalhista) e da terceirização ilimitada, suas consequências e como enfrentá-las, os desafios das negociações coletiva e individual, os ataques ao funcionalismo e ao serviço público, com a EC 95; as reformas previdenciárias; a desconstrução das normas de Saúde e Segurança do Trabalho.

E a partir desta sexta-feira (23) até domingo (25), acontece a reunião da Coordenação Nacional da Central, tratando sobre as formas de financiamento e auto sustentação das organizações sindicais, um tema que afeta todo o movimento sindical na atualidade. Além disso, outras questões relativas ao movimento sindical em todo o país estarão em discussão. Foram representando a Direção do SINDSERM, Daniele Brito, Joaquim Monteiro e Sinésio Soares.

Todos os debates e encaminhamentos serão repassados para a categoria a partir da Assembleia Geral do dia 14 de dezembro, marcada para as 8h no Teatro de Arena.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!