SINDSERM participa de Seminário Jurídico Nacional da CSP-Conlutas e Coordenação Nacional

Ariadne Farias e Cayro Burlamaqui, da Assessoria Jurídica do SINDSERM, estão na cidade de São Paulo participando do Seminário Jurídico Nacional da CSP-Conlutas que começou na quinta-feira (22). O evento tem como tema: “Fortalecer o classismo e as lutas contra a desregulamentação neoliberal dos direitos”.

O seminário foi chamado para discussão do cenário de desregulamentação de direitos trabalhistas e sindicais no país pós-Reforma Trabalhista e agenda neoliberal de ajustes dos governos e, acima de tudo, organizar e fortalecer a ação da CSP-Conlutas e suas entidades para enfrentar esse cenário.

A programação do encontro inclui temas como a análise e discussão das leis 13.467/17 (Reforma Trabalhista) e da terceirização ilimitada, suas consequências e como enfrentá-las, os desafios das negociações coletiva e individual, os ataques ao funcionalismo e ao serviço público, com a EC 95; as reformas previdenciárias; a desconstrução das normas de Saúde e Segurança do Trabalho.

E a partir desta sexta-feira (23) até domingo (25), acontece a reunião da Coordenação Nacional da Central, tratando sobre as formas de financiamento e auto sustentação das organizações sindicais, um tema que afeta todo o movimento sindical na atualidade. Além disso, outras questões relativas ao movimento sindical em todo o país estarão em discussão. Foram representando a Direção do SINDSERM, Daniele Brito, Joaquim Monteiro e Sinésio Soares.

Todos os debates e encaminhamentos serão repassados para a categoria a partir da Assembleia Geral do dia 14 de dezembro, marcada para as 8h no Teatro de Arena.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!