SINDSERM está apurando casos de descontos indevidos em contracheques de servidores municipais

Alguns servidores públicos municipais têm chegado na sede do seu sindicato com queixas de descontos nos contracheques.  O SINDSERM está pedindo que aqueles que estejam sofrendo este tipo de ataque vá à rua Quintino Bocaiuva, número 446, centro, sede do sindicato para que se possa anexar a outros casos já detectados, o objetivo é acionar o Secretaria de Administração para rever os descontos indevidos.

A assessoria jurídica do SINDSERM informa que nenhum desconto por conta dos dias de greve se justifica, uma vez que o movimento paredista não chegou a ser considerado ilegal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.