SINDSERM participa de reunião com servidoras(es) do SAMU

Na manhã desta terça-feira, 04, diretoras(es) do Sindicato das(os) Servidoras(es) Públicas(os) Municipais de Teresina (SINDSERM) participaram da reunião com funcionárias(os) do Serviço de Atendimento em Móvel em Urgência (SAMU) de Teresina.

Na reunião estavam presentes trabalhadoras(es) da categoria, líderes dos pontos de apoio do SAMU, além da diretora geral, Francisca Amorim. No espaço discutiram questões de melhorias em diferentes locais da cidade, onde há o serviço de atendimento.

Dentre as pautas de reivindicação foram discutidos reformas em Unidades de Pronto Atendimento (UPA), locais para ambulâncias, demandas sobre logísticas e divisões de área de abrangência das ambulâncias (delimitando o território do município e do estado) para a retirada de transferências e exames para pacientes, com possibilidade de entrar em vigor no dia 15 de julho, além de zonas e espaços de viabilização para viaturas e acomodações para a categoria.

“Temos deficiência em ver o que de fato é bom para nós servidores municipais, conversei com Silvio Mendes, secretário municipal de Saúde, que garantiu a volta do recurso para o lanche dos funcionários do SAMU, pois, ao sair dos pontos de apoio nenhum sabe a hora que vão voltar, é um sofrimento. O nosso dinheiro está sendo jogado fora em serviços privatizados, como é o caso das lavanderias que são responsáveis pelos materiais dos hospitais”, disse Anselmo Pinheiro, diretor de assuntos jurídicos do SINDSERM.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!