PMT homologa concurso após aprovadas(os) pressionarem pelo andamento do certame há seis meses

Nesta segunda-feira (21), a Secretaria Municipal de Administração de (SEMA) divulgou a homologação do resultado final do concurso unificado da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) realizado no ano passado que ofertou 118 vagas em órgãos da Administração Direta e Indireta. A espera durou mais de seis meses pelas(os) aprovadas(os) no certame e uma comissão, desde o mês de julho, estava sendo acompanhada pelo SINDSERM Teresina para pressionar a Prefeitura a dar continuidade no processo.

A publicação da homologação foi feita no Diário Oficial do Município de sexta-feira, dia 18. De acordo com a SEMA, até o final deste mês devem ser realizadas convocações e as outras devem ocorrer gradativamente.  

Destacamos a luta destes profissionais, em busca da garantia de seus direitos de ingressarem no serviço público. Até então, a PMT nunca havia dado um posicionamento sobre o porquê da demora em homologar o resultado final do concurso.

Mesmo antes de integrarem os quadros efetivos para os órgãos aos quais foram aprovadas(os), o SINDSERM deu total apoio à luta que agora segue para que sejam garantidas as convocações e nomeações, respeitando o cronograma do concurso e atendendo às demandas do serviço municipal.

A busca pelo aumento dos cargos é presente, ao tempo em que a PMT destina recursos para serviços de empresas terceirizadas, comprometendo as finanças do município com a iniciativa privada e desrespeitando os direitos das(os) servidoras(es) públicas(os) que ainda amargam a falta do reajuste anual.

Para mudar esse cenário, o SINDSERM convoca toda a categoria para lotar os espaços de luta, de negociação e fortalecer a direção nas batalhas contra os inimigos da classe trabalhadora.

Chega de ilegalidades! "Fifi", cadê nosso dinheiro?


Dia 25 de agosto temos Assembleia Geral, no auditório do TCE-PI (centro administrativo), a partir das 8h. Em seguida, sessão no TCE-PI a respeito do Fundef. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.