Proposta que altera lei das eleições nas Escolas Municipais e CMEIs deve ter segunda votação até o fim da semana

Na manhã de hoje (16), entrou em pauta para votação o projeto de lei de nº 163/2018, uma proposta que visa modificar a lei e acabar com as eleições para direções de Escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) na Capital.

Em um primeiro turno de votação, o projeto de lei foi previamente aprovado, sendo necessário um segundo turno de votação que respeitará o pedido de vistas feito por dois vereadores, a vereadora Cida Santiago e o vereador Dudu. Os dois tem um prazo de 24 horas para analisarem o projeto e, assim, a segunda sessão de votação será marcada.

A proposição foi tratada em reunião entre o presidente da Câmara, Jeová Alencar (PSDB) e a diretoria do Sindicato dos(as) Servidores(as) Públicos(as) Municipais de Teresina (SINDSERM). A entidade suspeita que a intenção é fazer com que as direções nas unidades de ensino sejam ocupadas por nomeação direta, por meio do Secretário Kléber Montezuma.

É importante frisar sobre a importância do comparecimento da categoria para a próxima sessão, já que a lei é um atentado direto à democracia nas unidades de ensino de Teresina.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!