SINDSERM se reúne com a Comissão de Educação da CMT para cobrar medidas acerca dos ataques da PMT contra a Educação Municipal.


Conforme informamos na página do SINDSERM na manhã de ontem, 29/04/2014, atendendo a uma solicitação do Sindicato a Comissão de Educação da Câmara Municipal de Teresina, a presidente do SINDSERM : Letícia Campos, o Vice-Presidente: José Neto, a Dir. de Formação Sindical: Clesiana Madeiros,e a Dir. de Comunicação e Imprensa: Mara Roberta estiveram reunidos na Sala das Comissões de 12:00 às 14:00 para discutir e denunciar a atual situação da rede municipal de ensino após a implementação da portaria 481 na perspectiva de reversão e dos enormes danos causados a educação,as precárias condições de funcionamento algumas escolas da rede,o reajuste salarial linear e o horário pedagógico.
Solicitamos da comissão uma audiência pública para tratar desses e outros assuntos de interessa da categoria e alertamos a cerca da possibilidade da portaria 481 transformar-se em Projeto de Lei sem que haja amplo debate entre os entre os entes que compõem a rede;questionamos o percentual de reajuste linear sinalizado pela PMT(6,5%) e cobramos a mensagem,tendo em vista que há uma expectativa de reajuste linear para os servidores no próximo mês de maio;uma reunião de negociação com o secretário Montezuma também foi encaminhada.
Porém sabemos que se trata de um secretário que se diz irrevogável e inegociável não podemos esperar grandes avanços por parte dessa gestão do PSDB. Mais informes na Assembléia da Educação dia 05.05.2014 no Teatro de Arena as 08:00.
Participaram da reunião os vereadores Tiago Vasconcelos,Luís Andre,Teresinha Medeiros, Pastor Levino, Celene,Paulo Roberto da Iluminação e Dudu.

DIR. DE COMUNICAÇÃO E IMPRENSA.


GESTÃO BASE EM AÇÃO AVANÇAR COM LUTAS!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.