DIREÇÃO DO SINDSERM PEDE DIREITO DE RESPOSTA A TV ANTENA 10. ENTENDA

Trecho do documento que pede direito de resposta (Foto:Reprodução)
Na tarde do dia 26 de dezembro a diretoria do Sindserm foi surpreendida com uma série de calúnias e acusações contra a atual direção da entidade. As informações inverídicas foram realizadas pelo servidor municipal Diógenes, pretenso candidato a presidente na eleição do SINDSERM de uma Chapa que não obteve inscrição aceita pela Comissão eleitoral devido o descumprimento do Estatuto do Sindserm e Regimento eleitoral aprovado em Assembleia Geral realizada no dia 08 de novembro de 2016. A referida Chapa alega que realizou inscrição nos gabinetes da SEMEC e foi aos meios de comunicação informar uma decisão da Justiça do Trabalho.

A direção do Sindserm já protocolou pedido de direito de resposta ao presidente da TV Antena 10 e tão logo receba a notificação judicial irá recorrer. Importante destacar que a atual diretoria assumiu o compromisso de realizar as eleições dentro dos prazos estabelecidos pelo Estatuto da Entidade, bem como garantir a mais ampla participação dos candidatos interessados considerando o que está definido no Estatuto da entidade e o Regimento Eleitoral aprovado em Assembleia Geral dos servidores Públicos Municipais de Teresina.

Neste sentido a Direção do Sindserm repudia a postura desqualificada e desrespeitosa que o referido servidor vêm praticando em relação a esta combativa e importante entidade de classe e luta, que defende os interesses dos servidores públicos municipais.
Na matéria veiculada o pretenso candidato fala que o sindicato não luta pelos repasses dos recursos do Fundef; Mudanças de nível e reajustes salariais.

Informamos que a direção do Sindserm vêm atuando na defesa dos direitos dos servidores públicos municipais, combatendo casos de assédio moral e vários outras demandas. No tocante aos Recursos do FUNDEF a direção do Sindserm já ajuizou ação, protocolou representações no MPE, MPF, TCE, Consulta a AGU além de uma série de reuniões com a categoria, Assembleias e Atos públicos. Em relação as Mudanças de Nível, através da atuação desta diretoria, conseguimos arrancar da SEMEC mais de 2 mil Mudanças de Nível para o Magistério. Já os processos das mudanças de nível dos servidores técnicos administrativos, que se arrasta há mais de 14 anos, nesta gestão foi definido que tem o direito de receber e os cálculos foram feitos pelo próprio sindicato já que o município vêm reiteradamente recusando-se a dar cumprimento a decisão judicial, fato amplamente denunciado. E no momento, aguardamos a decisão judicial. No tocante aos reajustes salariais foram superiores ao que o PSDB concedia historicamente. Além da elevação do piso de R$800,00 para RS1.100,00; regularização e reajuste das gratificações: de nível médio, incentivo de produção SUS, produtividade CAPS, gratificações específicas na STRANS (Agentes de trânsito e Fiscais de transporte). Importante mencionar que a pauta dos servidores públicos mucipais é extensa e além da defasagem salarial outros pontos fazem parte da luta do sindicato.

Aproveitamos para mobilizar todos os servidores para seguirem na luta e organizarem em unidade com todos os trabalhadores a campanha salarial de 2017, bem como a luta em defesa dos nossos direitos. Todas e todos a Assembleia Geral, dia 06 de fevereiro de 2017 a partir das 8h no Teatro de Arena.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!