10 de agosto será dia nacional de lutas em defesa do emprego, da aposentadoria e contra a Reforma Trabalhista


Reunidas na sede do Dieese, em São Paulo, no dia 11 de julho, as centrais sindicais brasileiras discutiram a preparação do Dia Nacional de Lutas em 10 de agosto. A defesa do emprego, da aposentadoria e contra a Reforma Trabalhista foram definidos como os eixos deste dia unificado de mobilização.

A CSP-Conlutas esteve representada na reunião, que também contou com representantes da CUT, Força Sindical, CTB, UGT, Nova Central e Intersindical, além de sindicatos de várias categorias.

Os dirigentes ressaltaram a importância da realização de um dia nacional de lutas, priorizando paralisações e mobilizações nos locais de trabalho, além de atos e manifestações, para discutir com os trabalhadores a necessidade da resistência e luta contra os ataques dos governos e patrões.   

Foi unânime nas falas dos presentes a necessidade de dar um basta ao crescente desemprego no país, à entrega do patrimônio público e ataques aos direitos. No dia em que a nefasta Reforma Trabalhista completa oito meses em vigor, os dirigentes destacaram a necessidade de seguir lutando contra essa medida e impedir, por exemplo, que os patrões alterem os acordos e convenções coletivas das categorias.

A CSP-Conlutas levantará no dia 10 de agosto bandeiras como a defesa da redução do preço dos combustíveis e do gás de cozinha, a luta contra as privatizações, contra a venda da Embraer à Boeing e em defesa da unificação e fortalecimento das campanhas salariais.

A participação da CSP-Conlutas, junto às demais centrais, na realização do dia 10/8 foi aprovada pela Secretaria Executiva Nacional no dia 5 de julho.



Fonte: CSP-Conlutas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!