CSP Conlutas Pi convoca para calendário nacional de lutas e mobilizações


 No Brasil, os trabalhadores tem protagonizado um processo muito importante de luta e mobilizações que, combinado com as manifestações populares, tem apontando a necessidade de muitas mudanças econômicas e sociais na sociedade brasileira. Os graves problemas estão sendo questionados nas ruas do país, a exemplo do que ocorreu dia 11 de agosto, quando realizamos a maior mobilização dos trabalhadores dos últimos anos. Aqui no Piauí, foram milhares de manifestantes que nesse dia ganharam as ruas levantando as bandeiras de reivindicações de aumento de salários, reforma agrária defesa da aposentadoria, contra a privatização e sucateamento dos serviços públicos, passe-livre para os estudantes e desempregados, melhoria do transporte público, entre outras. Várias vitórias já foram conquistadas como o passe-livre em várias cidades e a derrubada da PEC 37. Mas será precisa avançar muito mais para que mudanças concretas e estruturais possam ocorrer em nosso país. Os trabalhadores querem mudança, muito embora a presidente Dilma e os governos estaduais e municipais insistam em querer manter a política neoliberal na íntegra como os recentes cortes no orçamento da União prejudicando amis ainda os setores essenciais.
Um aspecto importante de todo esse processo está sendo a construção da unidade dos trabalhadores(as) via mobilização unitária através de atos e manifestações em todo país. Essa unidade de ação que, expressa-se em vários espaços de debates e discussões, tem possibilitado grandes ações de massas na defesa de um programa comum composto pelas principais necessidades dos trabalhadores. Agora, a grande tarefa será colocar em marcha o calendário de luta que apontam as centrais sindicais e os movimentos organizados. No Piauí, vamos lutar por todas as bandeiras, dando destaque a luta contra a privatização da AGESPISA na defesa dos serviços públicos de qualidade, juntando todos os explorados (as) e oprimidos (as) em luta. (A água é vida, não pode ser vendida!).
Fazemos um chamado a todos (as) lutadores (as) para seguirmos juntos na luta concentrando esforço para implementar o calendário de luta colocado para a conjuntura atual. A seguir colocamos as principais datas que a Central Sindical e Popular – Conlutas estará construindo e participando ativamente nos próximos dias.
Dia 01/08 - Plenária dos movimentos sindical e sociais. Local Sindicato dos Urbanitários, às 17h.
A reunião com as centrais sindicais e movimentos sociais para organização do dia 06/08, dia nacional de luta contra o PL nº 4330 que aprofunda a terceirização nos serviços públicos. Na oportunidade estaremos discutindo a retomada da luta contra a privatização da Agespisa.
Dia 06/08 - Dia nacional de lutas contra o PL nº 4330 que aprofunda a terceirização nos serviços públicos e retomada da luta contra a privatização da Agespisa (em construção);
Dia 24/08 - Reunião da Coordenação Estadual da CSP-Conlutas
Dia 30/08 - Dia nacional de lutas e paralizações (em construção);
Dia 06/09 - Grito dos excluídos (em construção) Teresina (PI), 31 de agosto de 2013.

Comentários

  1. E, como fica também nossa situação. A dos vigias: _Se tirar férias, não receberão o extraordinário nem adicional noturno; _ Só podemos nos afastar de férias quando um dia chegar um substituto. Ou seja, as férias é nossa ou desse pessoal da SEMEC. Com eles também é assim? Dúvido! ...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!