Trabalhadores da educação do estado do Piauí entram de greve a partir de hoje.

Fonte: Dever de Classe
Numa Assembleia-Geral que contou com mais de três mil pessoas, os trabalhadores em Educação da Rede Estadual do Piauí deflagraram Greve por Tempo Indeterminado. A categoria está unida e decidiu que só inicia o ano letivo de 2011 quando o governo Wilson Martins atender às reivindicações desse setor. Dentre os pontos principais está a exigiência de que seja cumprido o Piso Nacional dos Professores, que desde janeiro era para estar sendo pago ao valor de R$ 1.597,00 para vinte horas. Há também perdas salariais históricas de mais de 60%, além de retroativos referentes às mudanças de classe e nível dos professores. A greve também vai exigir que o governo aparelhe adequadamente as escolas e melhore as condições de trabalho.
Após o término da Assembleia-Geral, milhares de manifestantes sairam em passeata até o IAPEP, para exigir também que o governo anule o aumento dado nos descontos do IAPEP.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!