Desesperado, Firminóquio, tenta desmobilizar a greve geral com anúncio do piso do magistério.

Numa estratégia desesperada de desmolilizar os servidores e as servidoras municipais de Teresina, Firmino Filho (PSDB) anuncia o reajuste de 7,97% referente ao rebaixado índice do piso do magistério.


A mídia marrom já começa a propagar, e os simpatizantes dos tucanos a dar eco, ao anúncio do prefeito tucano Firminóquio do ridículo reajuste de 7,97% no vencimento do magistério referente ao índice rebaixado do piso concedido pelo Governo Federal, de Dilma (PT).  Este reajuste já foi rejeitado pela categoria no país inteiro, uma vez que o MEC já havia anunciado durante todo o ano passado um índice bem maior, acima dos 21%.

A leitura que a direção do SINDSERM faz deste anúncio é de que isto não passa de uma tentativa desesperada de esfriar a categoria que já decidiu na assembleia geral do último dia 06 de fevereiro pela GREVE GERAL por tempo indeterminado  a partir desta segunda, dia 18.  O prefeito tucano inclusive já usou tática parecida quando os servidores e as servidoras da Fundação Municipal de Saúde anunciaram um ato em frente à sede do órgão no mês de janeiro passado.  Às vésperas da manifestação ele anunciou o pagamento do adicional de insalubridade para parte dos servidores, muitos que caíram na armadilha arrependeram-se pois nada entrou em sua conta.

Portanto, nada disto vai esfriar os ânimos da categoria e o SINDSERM está chamando todos os servidores e servidoras de todas secretarias do município de Teresina para a assembleia do dia 18, data em que se inicia a GREVE GERAL por tempo indeterminado.  Se Firminóquio quer mesmo evitar a greve, deve chamar a categoria para negociação, devolver o dinheiro que foi descontado de forma indevida e atender a toda a pauta de reivindicação que foi protocolada no dia 6 de janeiro de 2013 no Palácio da Cidade.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!