SINDSERM inicia campanha de combate ao assédio moral


Vídeo da campanha de combate ao assédio moral

O modelo de gestão do Prefeito Firmino Filho (PSDB), utiliza o assédio moral como uma importante ferramenta de controle, para frear a indignação de servidoras(es) com as péssimas condições de trabalho e salários desprezíveis. No Dia Internacional de luta em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, 28 de abril, o SINDSERM promoveu um Seminário sobre Assédio Moral e Saúde da(o) Trabalhador(a).

Foi lançada a cartilha É PELA VIDA DOS(AS) TRABALHADORES(AS) do Setorial de Saúde do Trabalhador da CSP-CONLUTAS, em que o SINDSERM tem atuação sistemática através da Assistente Social Alba Valéria e da Diretora do SINDSERM, Francilene Nascimento.

O SINDSERM orienta que as(os) servidoras(es) interessadas em contribuir com o levantamento de casos no serviço público em Teresina, procurem a Direção, pois estarão colaborando com a finalização da cartilha sobre assédio moral que será lançada em breve. Da mesma forma, é importante que o Sindicato seja convocado para reuniões e para atuar como mediador na resolução dos problemas em que trabalhadoras(es) forem afetadas(os).

Materiais com o mote da campanha “Chega de Silêncio, servidor municipal denuncie o assédio moral”, serão elaborados para distribuição na base e eventos, a exemplo do seminário ocorrido no dia 28, devem acontecer também em locais de trabalho.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!