SINDSERM inicia campanha de combate ao assédio moral


Vídeo da campanha de combate ao assédio moral

O modelo de gestão do Prefeito Firmino Filho (PSDB), utiliza o assédio moral como uma importante ferramenta de controle, para frear a indignação de servidoras(es) com as péssimas condições de trabalho e salários desprezíveis. No Dia Internacional de luta em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, 28 de abril, o SINDSERM promoveu um Seminário sobre Assédio Moral e Saúde da(o) Trabalhador(a).

Foi lançada a cartilha É PELA VIDA DOS(AS) TRABALHADORES(AS) do Setorial de Saúde do Trabalhador da CSP-CONLUTAS, em que o SINDSERM tem atuação sistemática através da Assistente Social Alba Valéria e da Diretora do SINDSERM, Francilene Nascimento.

O SINDSERM orienta que as(os) servidoras(es) interessadas em contribuir com o levantamento de casos no serviço público em Teresina, procurem a Direção, pois estarão colaborando com a finalização da cartilha sobre assédio moral que será lançada em breve. Da mesma forma, é importante que o Sindicato seja convocado para reuniões e para atuar como mediador na resolução dos problemas em que trabalhadoras(es) forem afetadas(os).

Materiais com o mote da campanha “Chega de Silêncio, servidor municipal denuncie o assédio moral”, serão elaborados para distribuição na base e eventos, a exemplo do seminário ocorrido no dia 28, devem acontecer também em locais de trabalho.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!