VERGONHA! Vereadores(as) recusam diálogo com a categoria e aprovam projeto de reajuste de acordo com as ordens do Prefeito Firmino Filho (PSDB)


A categoria de servidoras(es) municipais de Teresina, presente na Câmara Municipal junto com a Direção do Sindicato das(os) Servidoras(es) Públicas(os) Municipais de Teresina (SINDSERM), assistiu ao show vergonhoso em que vereadores(as) eleitos(as) agem como serviçais do truculento prefeito da capital. A aprovação de 3% de reajuste salarial para a categoria, em meio à Greve Geral do Serviço Público Municipal, foi presenciada com indignação mediante a TOTAL AUSÊNCIA DE DIÁLOGO também na Câmara Municipal que vem atuando, com raras exceções, como um “puxadinho” do Palácio da Cidade.

Não foi dada nenhuma oportunidade ao Comando de Greve para a apresentação e discussão das reivindicações, embora um dos vereadores tenha tentado adiar a votação para promover a negociação. A maioria da Câmara não quis conversa, seguiu fielmente mais uma ordem do prefeito Firmino Filho (PSDB) e votou com maioria absoluta. Para os(as) servidoras(es) municipais, esse reajuste de 3% representa um deboche, pois o vencimento básico da categoria passará a ser de R$ 796,71 (setecentos e noventa e seis reais e setenta e um centavos), muito abaixo do salário mínimo. UMA VERGONHA!
A categoria está em greve há 15 dias e o prefeito resolveu enviar uma ordem para que serviçais fizessem seu papel. Uma votação rápida e com urgência onde nem mesmo um pedido de adiamento passou.

Exigimos negociação! O SINDSERM tem orgulho da categoria que tem resistido bravamente às pressões e ameaças de chefias e não se rendem ao primeiro sinal. Seguiremos lutando e continuaremos no acampamento diário exigindo a negociação sobre os pontos de pauta da greve. Além disso, se os ridículos 3% representam a revisão salarial de 2018, exigimos que Firmino pague o reajuste de 2017, conforme determina a Constituição Federal e é exigida pelo SINDSERM em processo que tramita na justiça desde o ano passado.

Contamos com a categoria para divulgar os nomes dos inimigos da classe trabalhadora e dos(as) servidores(as) públicos(as) municipais que votaram contra a abertura de negociações.

A GREVE CONTINUA! FIRMINO A CULPA É SUA!
SÓ A LUTA MUDA A VIDA!
3% é deboche! Negociação, já!
EXIGIMOS O REAJUSTE DE 2017, CONFORME DETERMINA A CONSTITUIÇÃO FEDERAL!
Firmino(PSDB), pare de jogar o dinheiro da saúde pública na privada!
Cai fora, Montezuma!
Educação vai mal com secretário ilegal!
Cadeia para corruptos e corruptores!


VEJA COMO VOTARAM OS(AS) VEREADORES(AS):


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.