Todo apoio à Chapa 1 para as eleições do Andes-SN que ocorrem nos dias 9 a 10 de maio


Hoje e amanhã (9 e 10 de maio) serão realizadas as eleições para a nova diretoria do Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), para o biênio 2018/2020.

O Andes-SN, filiado à CSP-Conlutas, tem 37 anos de organização nacional (desde sua fundação como Associação Docente). Conta com quase 70 mil sindicalizados de instituições de ensino superior e institutos de educação básica, técnica e tecnológica e está representado em todo o território nacional pelas suas 121 seções sindicais.

Duas chapas concorrem ao pleito: a Chapa 1 “Andes-SN Autônomo e de Luta”, que é apoiada pela CSP-Conlutas, e a chapa 2 “Renova ANDES”, apoiada pela CUT e CTB.

Diversas representações do movimento sindical e popular e do campo que compõem a Central manifestaram apoio à Chapa 1.

A Chapa 1 defende a autonomia da entidade e independência frente aos governos e reafirmada o compromisso na defesa da Educação pública, gratuita e de qualidade, tendo como premissa garantir a manutenção e melhorias dos direitos dos docentes em educação superior, básica, técnica e tecnológica que compõem a base do Andes-SN.

O campo político que vem conduzindo o Andes-SN, hoje representado pela Chapa 1, sempre esteve à frente das principais lutas unitárias, em defesa dos direitos sociais e trabalhistas, estando nas ruas, em unidade de ação com diferentes campos e forças políticas na resistência contra a retirada de direitos e organizados na CSP-Conlutas.

A Chapa 1 reitera que o que está em disputa são projetos distintos de sindicato, um de manutenção de um sindicato autônomo, democrático, classista e construído pela base e outro de um sindicato atrelado ao projeto de conciliação de classes subordinado ao PT e seus governos.

Na última reunião da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas, realizada no dia 26 de abril, os presentes manifestaram apoio à Chapa 1.

Confira os componentes da Chapa 1: 

Presidente: Antonio Gonçalves (UFMA)
1ª Vice-presidente: Quelli Rocha (UFMT)
2ª Vice-presidente: Sônia Meire Azevedo (UFS)
3ª Vice-presidente: Ana Maria Estêvão (UNIFESP)
Secretária Geral: Eblin Farage (UFF)
1ª Secretária: Caroline Lima (UNEB)
2ª Secretária: Jacqueline Lima (UFG)
3° Secretário: Roberto Kanitz (UEMG)
1ª Tesoureira: Raquel Dias (UECE)
2° Tesoureiro: Claudio Mendonça (UFMA)
3° Tesoureiro: Erlando Rêses (UNB)

Fonte: CSP-Conlutas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!