Auxiliares Administrativos do HUT não suportam mais: AGORA É GREVE!

O SINDSERM deu um prazo de até o dia 30 de setembro para que a PMT, através da Fundação Municipal de Saúde (FMS) devolvesse os valores que retirou dos contracheques dos auxiliares administrativos do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Como não houve resposta, na Assembleia Geral realizada no Teatro de Arena, foi iniciada uma paralisação por tempo indeterminado.

Estes(as) servidores(as) exercem atividade que envolvem aentes biológicos, por frequentarem enfermarias e terem contato com prontuários e pacientes e, não recebem insalubridade.  Além disso, não recebem auxílio-alimentação e são obrigados a utilizar um cartão de crédito como vale-transporte, de uma empresa protegida pela Prefeitura, que ainda manda correspondências incentivando a utilizar o cartão para compras.  UM ABSURDO!

Pior do que tudo isso: REDUZIRAM O SALÁRIO DESTES SERVIDORES E SERVIDORAS, DIMINUINDO A COMPLEMENTAÇÃO ESPECIAL.


O SINDSERM CONVOCA:
ATO NA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE

TODOS (AS) AUXILIARES ADMINISTRATIVOS DEVEM COMPARECER

Convocamos a todos(as) os(as) auxiliares administrativos da fundação que estiveram redução salarial, para uma manifestação nesta terça-feira na Fundação Municipal de Saúde, onde exigiremos uma resposta da administração municipal.

ATO NA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE

TERÇA-FEIRA, 04 DE OUTUBRO, ÀS 8 HORAS DA MANHÃ

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!