Servidores da educação municipal de Teresina podem entrar em greve a partir do dia 27 de outubro.

Em assembleia ocorrida nesta manhã, dia 14, em frente à sede da SEMEC os servidores municipais da educação de Teresina decidiram por unanimidade aprovar o indicativo de greve, a paralização pode se dá a partir do dia 27 de outubro deste ano caso a prefeitura e a secretaria de educação não dê nenhuma resposta positiva à reivindicações da categoria, alguns dos quais estão sem resposta desde a greve geral ocorrida no primeiro semestre deste ano.

Dentre os principais pontos ainda pendente estão as eleições para diretores das escolas, pagamento do retroativo da mudança de nível de técnicos e professores, o pagamento do PROFUNCIONÁRIO, o retorno nos contracheques dos agentes de portaria e auxiliares de serviços vantagens retiradas; e a imediata implantação de um terço de horário pedagógico para os professores e o pagamento retroativo das aulas dadas a mais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!