Servidores adiam votação do reajuste e marcam novo encontro para a próxima terça,03/06. NÃO PODEMOS ACEITAR A APROVAÇÃO DESSE REAJUSTE MISERÁVEL!

     Na Assembleia Geral de hoje, a pressão dos servidores municipais conseguiram adiar a votação do miserável e excludente projeto de reajuste salarial dos servidores do município. A PMT enviou projeto de reajuste salarial de 5,85% (abaixo da inflação), retroagindo somente a maio (tem que ser a março) e excluindo o Magistério, Enfermagem, Odontologia e Radiologia. Assembleia Geral na terça, 03 de junho, às 8h, em frente à Câmara Municipais de Teresina para barrar a aprovação desse reajuste imoral.

   Desde ontem estamos em mobilização e paralisação GERAL UNIFICADA com SINDSERM, SENATEPI e SINTTEAR para acompanhar as votações na Câmara Municipal. Hoje os vereadores aprovaram o regime de urgência da matéria sem mesmo ter recebido o projeto, mas pressionamos com ameaça de GREVE GERAL e a base aliada do prefeito convenceram o vereador Ferreira a retirar o requerimento de urgência, mas votarão na terça. Também rejeitaram a proposta de audiência pública e certamente aprovarão o reajuste do jeito que está. 

     O orçamento do município aumentou e há recurso disponível. Temos perdas salariais de 43%, devido 20 anos de gestão do PSDB que não reajustou os salários acima da inflação. Em 2013, a PMT escalonou 51% de recomposição salarial (em 3 anos) para os médicos que também serão contemplados pelos reajustes anuais, entretanto não ampliou a mesma negociação para os demais servidores.
 
     Não podemos esperar milagres da CMT, pois já escolheram o lado do prefeito e inclusive desrespeitam o próprio regimento. Não há alternativa que não seja a GREVE GERAL na próxima terça-feira. Só conseguimos 7,97% de reajuste em 2013 devido a GREVE GERAL, pois a gestão do PSDB tem política de reajuste zerado. Milhões em recursos são desviados para empresas terceirizadoras e temos que mendigar por condições mínimas de trabalho. 

    A nossa prioridade agora é combater essa ditadura mascarada e alcançar a valorização do servidor e do serviço público. Convocamos a todos/as a estarem presentes na Câmara Municipal, na terça-feira, as 8h. Se não lutarmos pelos nossos direitos, ninguém lutará. Somos 20 mil servidores que sofremos calados todos os dias e agora temos que mostrar a nossa força.

  TODOS E TODAS PARA A ASSEMBLEIA GERAL DIA 03 DE JUNHO, ÀS 8H, NA CÂMARA MUNICIPAL. 




 




 






TODOS UNIDOS RUMO À GREVE GERAL!

TODOS E TODAS PARA A ASSEMBLEIA GERAL DIA 03 DE JUNHO, 
ÀS 8H, NA CÂMARA MUNICIPAL.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.