Servidores adiam votação do reajuste e marcam novo encontro para a próxima terça,03/06. NÃO PODEMOS ACEITAR A APROVAÇÃO DESSE REAJUSTE MISERÁVEL!

     Na Assembleia Geral de hoje, a pressão dos servidores municipais conseguiram adiar a votação do miserável e excludente projeto de reajuste salarial dos servidores do município. A PMT enviou projeto de reajuste salarial de 5,85% (abaixo da inflação), retroagindo somente a maio (tem que ser a março) e excluindo o Magistério, Enfermagem, Odontologia e Radiologia. Assembleia Geral na terça, 03 de junho, às 8h, em frente à Câmara Municipais de Teresina para barrar a aprovação desse reajuste imoral.

   Desde ontem estamos em mobilização e paralisação GERAL UNIFICADA com SINDSERM, SENATEPI e SINTTEAR para acompanhar as votações na Câmara Municipal. Hoje os vereadores aprovaram o regime de urgência da matéria sem mesmo ter recebido o projeto, mas pressionamos com ameaça de GREVE GERAL e a base aliada do prefeito convenceram o vereador Ferreira a retirar o requerimento de urgência, mas votarão na terça. Também rejeitaram a proposta de audiência pública e certamente aprovarão o reajuste do jeito que está. 

     O orçamento do município aumentou e há recurso disponível. Temos perdas salariais de 43%, devido 20 anos de gestão do PSDB que não reajustou os salários acima da inflação. Em 2013, a PMT escalonou 51% de recomposição salarial (em 3 anos) para os médicos que também serão contemplados pelos reajustes anuais, entretanto não ampliou a mesma negociação para os demais servidores.
 
     Não podemos esperar milagres da CMT, pois já escolheram o lado do prefeito e inclusive desrespeitam o próprio regimento. Não há alternativa que não seja a GREVE GERAL na próxima terça-feira. Só conseguimos 7,97% de reajuste em 2013 devido a GREVE GERAL, pois a gestão do PSDB tem política de reajuste zerado. Milhões em recursos são desviados para empresas terceirizadoras e temos que mendigar por condições mínimas de trabalho. 

    A nossa prioridade agora é combater essa ditadura mascarada e alcançar a valorização do servidor e do serviço público. Convocamos a todos/as a estarem presentes na Câmara Municipal, na terça-feira, as 8h. Se não lutarmos pelos nossos direitos, ninguém lutará. Somos 20 mil servidores que sofremos calados todos os dias e agora temos que mostrar a nossa força.

  TODOS E TODAS PARA A ASSEMBLEIA GERAL DIA 03 DE JUNHO, ÀS 8H, NA CÂMARA MUNICIPAL. 




 




 






TODOS UNIDOS RUMO À GREVE GERAL!

TODOS E TODAS PARA A ASSEMBLEIA GERAL DIA 03 DE JUNHO, 
ÀS 8H, NA CÂMARA MUNICIPAL.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!