SINDSERM exige eleições diretas nas escolas municipais

Fonte: Jornal do SINDSERM

A direção do SINDSERM esteve reunida com a cúpula da SEMEC no dia 20 de janeiro de 2011, cobrando e apresentando várias reivindicações, dentre as quais a realização de Eleições Diretas para as Direções das Escolas Municipais de Teresina. O secretário Ribamar Torres afirmou que criaria uma comissão, da qual o SINDSERM fará parte, para elaborar uma proposta que contemple a opinião dos envolvidos no processo. Afirmou inclusive que a minuta estava “zerada”, isto é, começariam a ser discutidos todos os pontos polêmicos.

O professor Renato Rodrigues, representante do SINDSERM na Comissão,  tem ido sistematicamente a SEMEC para obter informações, entretanto, nenhum esclarecimento foi prestado a respeito da elaboração da minuta do Projeto de Lei.

O Prefeito Elmano Férrer (PTB) prorrogou o mandato dos (as) atuais diretores (as) até 31 de março de 2011, através do Decreto nº 10.926 de 23 de dezembro de 2010. O prazo está se esgotando e o SINDSERM não admitirá um retrocesso na democratização das escolas.

A eleição para diretores de escolas representa uma conquista histórica da categoria, desde a administração Wall Ferraz, e vem se constituindo como um instrumento indispensável para a Gestão democrática das escolas municipais de Teresina. Hoje essa prática é garantida em inúmeros municípios e estados do país. O SINDSERM defende uma eleição transparente e democrática, onde toda comunidade escolar possa participar efetivamente do processo. Dessa forma, exigimos uma lei específica que garanta:

a) Inscrição de todos que desejarem participar do processo seletivo, isto é, se a secretaria exige um curso de gestão que o faça após pleito,somente com os eleitos;

b) Professor eleito, professor nomeado, isto é, o mais votado deve ser empossado para o cargo em questão;

c)  Voto universal, com peso  igual para todos os segmentos da comunidade escolar.

Na assembléia do dia 1º de abril estaremos reafirmando as Eleições Diretas para Direção de Escolas como um dos principais pontos da nossa Pauta de Reivindicações.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!