Líder da oposição rodoviária sofre atentado dentro de casa na zona Sul

fonte: Portal AZ
A residência do líder da oposição à diretoria do Sindicato dos Rodoviários do Piauí (Sintetro) foi alvejada por cinco tiros na madrugada desta quarta-feira (03). Três tiros atravessaram o portão da casa, sendo que um deles chegou à cozinha da casa. Dentro da residência, Luís de França Portela dormia com sua esposa e suas duas filhas.

Segundo testemunhas, um homem de motocicleta parou próxima a casa, que fica localizada no conjunto Promorar, na zona Sul de Teresina, e iniciou os disparos. “Minha esposa me acordou assustada, disse que estava ouvindo tiros, eu só escutei o último”, disse Portela.

Através de telefonema anônimo, policiais do Comando da Polícia Militar (Copom) receberam informação sobre o número da placa da moto utilizada no atentado. “Não sabemos ainda se é o mesmo veículos, mas vão investigar”, afirmou o líder da oposição.

Nesta quarta-feira, Portela, advogados, companheiros de chapa foram ao 4° Distrito Policial (Parque Piauí) registrar queixa. Em seguida, se dirigirão à Secretaria Estadual de Segurança solicitar proteção policial e à Polícia Federal, para requerer rastreamento sobre mensagens de ameaça que ele vem recebendo constantemente.

“Na segunda-feira me ligaram de um número inibido, falaram vários palavrões e disseram que iam me matar, mas não levei muito a sério”, informou Portela.

Há cerca de dois anos, após pedir na Justiça o cancelamento das eleições do Sindicato por conta de irregularidades no pleito, Portela já havia sido agredido fisicamente, por dois homens.

http://www.portalaz.com.br/noticia/policia/224519_lider_da_oposicao_rodoviaria_sofre_atentado_dentro_de_casa_na_zona_sul.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!