RETROATIVO DE MUDANÇA DE NÍVEL: comissão vai à SEMA para entrar nos seus arquivos e determinar quem tem direito.

Foi publicado na sexta-feira passada, dia 05 de agosto, a decisão do desembargador Othon Lustosa que determina que o SINDSERM terá 10 dias, a contar da publicação, para adentrar nos arquivos da PMT a fim de checar quem na verdade tem direito ao pagamento retroativo da mudança de nível dos técnico-administrativos, pendente desde a administração do tucano Firmino Filho.

No entender da atual gestão do SINDSERM, a gestão "Base em ação - Sindicato é pra lutar!", todos os servidores e as servidoras técnico-administrativos da PMT, apesar do parecer dos advogados da gestão anterior, "Fazer diferente", excluir os servidores das fundações, empresas e autarquias públicas.

Uma comissão composta pelas assessorias jurídica, econômica e contábil do SINDSERM, além da sua diretoria e representantes da base da categoria, saiu na manhã desta segunda, 08 de agosto, para a SEMA a fim de iniciar os trabalhos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!