Prefeitura de Teresina planeja levar educação pública para a privada. (parte 02)

SEMEC não investe em qualidade e quer dá bolsa em escolas privadas para alunos da rede pública municipal

SEME

Os jornais de Teresina circularam no último final de semana com uma manchete sintomática, o novo secretário de educação do município, Paulo Machado, dono de uma escola privada da capital planeja levar os melhores alunos da rede pública municipal para escolas privadas.

O secretário, através do programa "Cidade Olímpica", quer dá bolsas de estudos em escolas privadas aos alunos da rede municipal que melhor se saírem nas olímpíadas de física, matemática, química e português.  Ou seja, ao invés de investir no ensino público gratuito e estatal, ele quer privilegiar o ensino privado o qual representa.

É MAIS UMA PROVA DA OPÇÃO PREFERENCIAL PELOS RICOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA.

Comentários

  1. Coisa mais sem rumo! E o que será da escola pública sem os alunos que se destacam em olimpíadas ou coisas parecidas. E ainda tem essa conversa de privilegiar a escola privada.

    São bons alunos? Pois que a PMT invista cada vez mais nas escolas públicas para que a educação tenha melhor qualidade e tenhamos, enfim, uma escola pública repleta de bons alunos e, principalmente, mentes esclarecidas.

    Acaba não, mundão!

    P.s.: Joaquim mais uma vez genial com os seus cartuns.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!