Lançado o plebiscito nacional “10% do PIB para a Educação Pública, já!”

Lançado o plebiscito nacional “10% do PIB para a Educação Pública, já!” plebiscito estadual sobre "5% do orçamento estadual para a UESPI, já!".

Nesta terça feira, 08 de novembro, foi lançado, no auditório do Ministério Público Estadual do Piauí, a campanha nacional sobre a destinação de 10% do PIB para a Educação Pública, já! e o plebiscito estadual sobre "5% do orçamento estadual para a UESPI, já!".



Compuseram a mesa, representantes da ADCESP( Associação dos Docentes da UESPI), da ANEL( Assembleia nacional dos estudantes livres), o representante do ANDES(Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior e Ministério Publico Estadual.



O pebliscito nacional “10% do PIB para a Educação Pública, já!” acontecerá 6 novembro a 6 de dezembro, em todo o país. A cédula terá duas perguntas. A primeira é a nacional, comum a todos os estados brasileiros: "Você é a favor do investimento de 10% do PIB na Educação Pública, já?", e a segunda é específica do Piauí "Você é a favor do investimento de 5% do orçamento estadual na Uespi, já?" O resultado da votação será encaminhado ao Congresso Nacional, Assembleia Legislativa e governos federal e estadual.



A administração superior da UESPI e Representantes do Governo Estadual foram convidados a participarem do debate, mas não compareceram. “Isso apenas mostra o compromisso que eles têm com a nossa educação. Num momento tão importante como esse e ninguém da administração da UESPI e do governo estadual está aqui” desabafa um dos presentes. 
As urnas para a votação do plebiscito serão instaladas em diversos locas, em  escolas, universidades, repartições públicas, igrejas, mercados públicos, em Teresina e outros municípios piauienses. E para votar, basta ter 16 anos ou mais, e apresentar documento oficial com foto.

O promotor Fernando Santos foi o primeiro a votar


10% do PIB para a Educação Pública, já! e 5% do orçamento estadual para a UESPI, já!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!