Servidores(as) do Município lotam Teatro de Arena em mais uma Assembleia Geral, nesta quarta-feira, 30 de maio. Indicativo de Greve da Educação dia 12 de junho

Em Assembleia Geral que aconteceu nesta quarta-feira, 30 de maio, foram discutidos diversos temas de interesse da categoria, que foram: Negociação com a SEMEC (o cumprimento da Lei 11.738/2008, no que se refere ao 1/3 do Horário Pedagógico; publicação do edital e realização das eleições nas direções de escolas e CMEIS e outros pontos pendentes); Negociação com a STRANS e com a FMS; pagamento retroativo da mudança de nível dos servidores do município; Auxilio Transporte; IPMT, e CAMPANHA FORA MACHADO! 


Sobre o HP, ficou reafirmado durante a Assembleia desta quarta, o que o SINDSERM vem desde sempre orientando aos professores(as) e pedagogos(as): Nenhum professor deve assumir turmas a mais do que o recomendado(VER TABELAS ABAIXO). Sendo que, hora-aula tem duração de 50 minutos durante o dia e 40 minutos à noite, de acordo com a Portaria 240 MEC. Como também ficou acordado da confecção de um documento para colocar nos locais de trabalho, orientando de acordo com o nosso entendimento, sobre o Horário Pedagógico. 

Um documento informando o nosso entendimento sobre o HP já foi entregue ao Secretário de Educação do Município, como também pontos da Pauta de reivindicação da categoria que ainda estão pendentes, exigindo-se abertura imediata das negociações. Durante o encontro, foi lembrado ainda, que todos os professores devem ser multiplicadores no seu local de trabalho, e que estejam no seu  SINDICATO para ajudar na mobilização.

Sobre o IPMT, foi definido uma comissão de servidores(as) para construir uma pauta de propostas para iniciar dialogo com o presidente do Orgão, com também definir um calendário de manifestações. E nesse sábado haverá uma reunião com os servidores da Saúde(HUT e Raul Bacelar) pela manhã no SINDSERM. 

Sexta-Feira, 4 horas haverá uma reunião das(os) pedagogas(os) na sede do SINDSERM. E foi marcada uma nova Assembleia da Educação, com paralisação, para o dia 12 de junho, no Teatro de Arena, a partir das 8:30. O Encontro vai discutir os 20 pontos de pauta com INDICATIVO DE GREVE , caso não haja avanços nas negociações.







Comentários

  1. Além dos objetivos de fazer a prefeitura pagar os retroativos, de realizar a eleição para diretores de escolas e CMEIs e de cumprir 1/3 de HP, não devemos nos esquecer da campanha Fora, Machado!

    ResponderExcluir
  2. NÃO DEVEMOS NOS ESQUECER TAMBÉM DOS AUXILIARES ADMINISTRATIVOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA; NÃO HÁ SERVIDORES APENAS NA SEMEC, HÁ TAMBÉM NA STRANS,FMS,SEMA...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.