15 anos do Dia da Infâmia Municipal

Dia 11 de abril, é conhecido pelas (os) servidoras (es) municipais de Teresina como o Dia da Infâmia Municipal. Nesta data, no ano de 2002, período da primeira gestão do Prefeito Firmino Filho (PSDB), servidoras (es) da capital foram agredidas (os) em frente à Câmara municipal, localizada na época no centro da cidade, por estarem reivindicando seus direitos.

Enquanto protestavam contra um reajuste salarial vergonhoso, o prefeito Firmino Filho junto ao presidente da Câmara Municipal de Teresina na época, Fernando Said (PSDB), acionaram a Polícia Militar para bater na categoria que estava em protesto, tornando este dia um marco na história do movimento sindical teresinense. Não podemos esquecer desse episódio para que não tenhamos de acompanhar uma possível repetição de cenas lastimáveis como as desse dia.


Após 15 anos, Firmino Filho e o atual Secretário Municipal de Educação, Kleber Montezuma, a precarização nas condições de trabalho, assédio moral e descaso com as (os) funcionárias (os) públicas (os) municipais da educação continuam. Lembrar esta data é uma forma de perseverar com mobilizações e união da categoria na luta por seus direitos e reivindicações.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!