Educação municipal de Teresina (PI) entra em greve nesta segunda-feira, dia 6 de fevereiro!


Servidores da educação municipal deflagraram a greve em 18 de novembro do ano passado
por que o secretário Paulo Machado e o prefeito Elmano Férrer (PTB) não os recebem.

Na próxima segunda o SINDSERM realizará a primeira Assembleia Geral dos Servidores Municipais de Teresina de 2012, no dia 06 de fevereiro, às 8h, no Teatro de Arena. A assembleia irá ratificar a decisão deliberada pela última assembleia específica em iniciar greve dos servidores da educação, além disso, a pauta do encontro no próximo dia 06 discutirá a ação do retroativo de nível; a questão o vale-transporte e auxílio transporte; informações sobre o IPMT (previdência e saúde) e sobre a realização do III Congresso do SINDSERM.
A respeito da greve da educação, no dia 18 de novembro último, professores(as), pedagogos(as), técnicos e agentes de portaria decidiram que não iniciariam o período letivo de 2012, caso o prefeito Elmano Ferrer(PTB) não atendesse as reivindicações da categoria até o início das aulas, o que não aconteceu.
As reivindicações específicas da educação dizem respeito à realização imediata de eleições para direção de todas as Escolas e CMEIs; o cumprimento da Lei que institui o piso nacional para professores da educação básica e do horário pedagógico; Correção do Plano de cargos Salários conforme legislação federal, e discutir a política implementada pela PMT de fechamento de escolas, a exemplo da última tentativa de fechamento da E.M. Eurípedes de Aguiar.  “A SEMEC está resistindo em implantar o que manda o parágrafo quarto do artigo segundo da Lei 11.738 de 2008, que prevê que 2/3 da jornada de trabalho do professor está reservado para o horário pedagógico” afirma Joaquim Monteiro, diretor de comunicação do SINDSERM.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!