Professores do município de Teresina não irão aceitar jornada de trabalho acima do regulamentado em lei.

A Secretaria Municipal de Educação de Teresina (SEMEC), na pessoa de seu secretário Paulo Machado insiste em querer não cumprir a lei 11.738 de 2008 (a chamada Lei do Piso) no paragrafo segundo do seu artigo segundo, que limita em no " máximo de 2/3 (dois terços) da carga horária para o desempenho das atividades de interação com os educandos". A lei foi promulgada ainda em 2008 e reafirmada no ano passado pelo Supremo.


O SINDSERM já está fazendo a luta jurídica, que será esclarecida em detalhes na assembleia desta segunda, 06.  No entanto, recomendamos aos professores que não aceitem carga horária superior ao que regulamenta a lei que é federal e independe de uma posição da SEMEC.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!