GREVE DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL É CULPA DO PREFEITO ELMANO FÉRRER (PTB)

        Nesta segunda-feira, 06, numa assembleia lotada, a categoria  decidiu manter a GREVE DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL até que o Prefeito Elmano Férrer (PTB) se comprometa a atender a Pauta de reivindicações relativas aos vários ataques vem realizando contra os nossos direitos, dentre quais se destacam:
1. Realização eleições para a direção de todas as escolas e CMEIS, uma vez que o prefeito pretende colocar seus cabos eleitorais para dirigir os estabelecimentos de ensino , acabando com eleições que existem desde 1986;
2. Cumprimento da Lei federal 11.738, pagando o Piso Salarial Profissional Nacional, aplicando 22% de reajuste para todas as classes e níveis, além do cumprimento do horário pedagógico estabelecido nesta mesma lei, segundo a qual apenas 2/3 da carga horária deve ser cumprido em sala de aula;
3. Pagamento de todas as horas- aula excedentes trabalhadas em sala de aula, quando deveriam estar sendo ocupadas com horário pedagógico (extra-classe);
4. Implantação do auxílio-transporte em pecúnia (dinheiro) em substituição ao cartão de crédito credishop. imposto arbitrariamente aos servidores municipais;
5. Fim das remoções ilegais e do assédio moral;
6. Reformulação do PCCS do magistério, contemplando a legislação federal e  as modificações que garantam a redução de carga horária, vinculação da GID a 100%, escalonamento percentual entre classes e níveis, afastamento integral remunerado para cursar pós-graduação, titulação a 15%, 30% e 50% para especialização, mestrado e doutorado, respectivamente, dentre várias outras reivindicações.
    O empresário e secretário de educação, Paulo Machado, se recusou a receber a Comissão de Negociação eleita em Assembleia, alegando que só poderia receber 05 pessoas e não 06. Em resposta a essa demonstração de  intransigência estaremos realizando ASSEMBLEIA ESPECÍFICA DA EDUCAÇÃO, no próximo dia 09 de fevereiro, às 8h da manhã, na frente da SEMEC, na rua Areolino de Abreu, exigindo resposta às nossas reivindicacões.   

A GREVE CONTINUA! ELMANO, A CULPA É SUA!

   Categoria decidiu não iniciar o ano letivo de 2012

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!