Paulo Machado não recebe servidores da educação municipal de Teresina e a greve continua.


Em mais uma assembleia no Teatro de Arena, nesta sexta (24), os servidores e as servidoras da educação municipal de Teresina decidiram manter a greve, que já se estende desde o dia 06 deste mês.  Tudo isto por conta da intransigência do prefeito Elmano Férrer (PTB) e do secretário municipal de educação, Paulo Machado, este último havia marcado uma reunião com a comissão de negociação dos servidores e das servidoras para a tarde de ontem (23) e momentos antes cancelou a audiência, sob pretexto de estar doente, entretanto, há rumores que dão conta de que o secretário estaria sim na sede da SEMEC e não teria recebido a comissão por que não quis mesmo.

Pais de alunos da creche D. Miguel
Estavam presentes também na assembleia dos servidores e servidoras da educação municipal os pais e alunos da creche Dom Miguel Câmara, localizada no bairro de Fátima. Os pais estavam protestando contra mais um ataque de Elmano Férrer (PTB) à educação pública, após deixar de pagar o aluguel do prédio há vários meses, o prefeito agora que fechar a creche que atende a 86 crianças pobres e quer levá-las para estudar  no bairro Satélite, bem longe de casa,.  Conhecendo as condições em que a SEMEC transporta os estudantes de Teresina em ônibus de péssimas condições, os pais não aceitam esta proposta indecente.

RONE exibe sua força para trabalhadores
Ao fim da assembleia os servidores e as servidoras saíram em passeata pelas ruas do centro de Teresina e paralisaram o trânsito da rua Areolino de Abreu mais uma vez, isto por que os servidores e as servidoras foram impedidos de ficar no pátio da sede da secretaria. Foram recebidos pelo policiamento que presta serviço à Prefeitura e por policiais da tropa RONE que ostentavam arma de grosso calibre.  Nada disso, porém, intimidou os trabalhadores e as trabalhadoras que permaneceram no local até as 14h e 30 min fechando o tráfego de uma das mais importantes ruas do centro da capital piauiense.


A próxima assembleia ficou marcada para o dia 28 de fevereiro, até la...


A GREVE CONTINUA,
ELMANO A CULPA É SUA!

























Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!