Apesar do barulho na imprensa, não há nada de concreto. Por isto a greve continua! ASSEMBLEIA NESTA SEGUNDA, DIA 30 DE ABRIL, NA CÂMARA MUNICIPAL , ÀS 8:30H



Categoria decide manter a greve até aprovação pela Câmara do reajuste linear para os(as) professores(as) de 22,22%

Depois de 80 dias de greve, que causou avarias na sua imagem, o prefeito Elmano Ferrer (PTB) anunciou, na tarde de quarta, 25 de abril, na imprensa que finalmente repassará ao vencimento dos professores os 22,22% referente ao reajuste do Piso Nacional do Magistério. Mas apesar de todo o barulho na imprensa e do circo armado para o anúncio, até a manhã de hoje, 27, não há nada de concreto.

Para piorar, a Câmara Municipal ameaça não votar por conta da Lei Eleitoral, e que irá consultar a Justiça Eleitoral.  No entanto o reajuste não se trata de revisão anual de salários, e sim de CUMPRIMENTO DE UMA LEI FEDERAL! E por isto não há nehum impedimento legal para a concessão do reajuste.

A Câmara que foi desmoralizada pelo prefeito Elmano Férrer quando da votação dos 6,22% no reajuste dos servidores, agora quer dificultar a vida dos professores. Ressabiados com a falta de palavra do prefeito e a desfaçatez dos vereadores, os servidores da educação municipal de Teresina decidiram manter a greve pelo menos até a SEGUNDA-FEIRA, DIA 30 DE ABRIL, quando haverá mais uma ASSEMBLEIA desta vez EM FRENTE À CÂMARA MUNICIPAL DE TERESINA

Em Assembleia na sexta passada, a categoria decidiu pela manutenção da greve. Os(as) servidores(as) decidiram desfazer o acampamento que mantinha há mais de uma semana em frente à Prefeitura de Teresina, pois o foco agora é a Câmara.
A GREVE CONTINUA. ELMANO, A CULPA É SUA!

ASSEMBLEIA NO DIA 30 DE ABRIL, EM FRENTE À CÂMARA MUNICIPAL DE TERESINA, A PARTIR DAS 8:30

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!