A GREVE CONTINUA. FIRMINO, A CULPA É SUA! ASSEMBLEIA NESTA QUINTA-FEIRA 24/10/13 EM FRENTE À CÂMARA DOS VEREADORES.


       Aconteceu nesta terça-feira 22/10/2013 às 08hs a assembleia geral em frente à Câmara Municipal de Teresina para acompanhar a votação e aprovação do requerimento da Audiência Pública, conforme prometido pela base aliada e vereadores de oposição, em compromisso assumido pelo vereador Thiago Vasconcelos com a Comissão de professores em greve.



Assembleia de professores na Câmara Municipal
Professoras em frente à Câmara
A Comissão é formada por diretores do SINDSERM e membros da base: 10(dez) professores(as) do Comando de Greve que conseguiram, após longa negociação, as 15 assinaturas dos vereadores necessárias para a aprovação do requerimento. Enquanto a reunião acontecia, a base esperou dentro do plenário e em frente à Câmara Municipal. Alguns vereadores se recusaram a assinar, porém conseguimos alcançar mais um objetivo.
Vereadores que não assinaram o requerimento
Professores ocupando o plenário da Câmara
Para a Audiência pública nossa principal proposta é a reivindicação que nenhum professor tenha a carga horária maior que 26 horas aula de 50 minutos.
 A assembleia aprovou que, após a negociação a respeito do requerimento os professores, em passeata, fossem para a Assembleia Legislativa onde estava acontecendo uma homenagem ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) e que estavam reunidos o prefeito de Teresina, “Fingindo” Filho, o governador Wilson Martins dentre outros políticos. Inicialmente, fomos impedidos de entrar na Assembleia, porém conseguimos fazer uma manifestação em favor da greve municipal da educação e contra o prefeito de Teresina. Clique neste link para ver o vídeo da manifestação dos professores da base http://www.youtube.com/watch?v=zl7HqtpuGfs&feature=youtu.be

Protesto em frente à Assembleia Administrativa

Policial militar impedindo a entrada dos professores na Assembleia

Professores mostravam cartazes
 Após a manifestação, a assembleia prosseguiu e foram propostos pela direção e base encaminhamentos para garantir avanços como:

1.       A continuidade da greve de professores;
2.       Ato em frente à SEMEC nesta quarta-feira 23/10;
3.       Assembleia nesta quinta-feira 24/10 em frente à Câmara Municipal.

Estamos reivindicando ainda um dos principais pontos que é a climatização das escolas. O secretário Kleber Montezuma, com toda sua truculência, está mandando trocar os ar condicionados por ventiladores e, embora ele diga que a maioria das escolas está funcionando, entre 70% e 80% dos professores estão em greve. Queremos a revogação da Portaria nº 481 que foi publicada ilegalmente. 
Seguindo a programação, amanhã, dia 23 de outubro, acontecerá Encontro de Pedagogas(os) da rede municipal de Teresina organizado pela Coordenação de lutas de pedagogas(os) do SINDSERM no auditório do IFPI (centro). O Encontro tem o intuito de debater sobre o fortalecimento da luta e ampliação de direitos das pedagogas e pedagogos que atuam na rede municipal de ensino.

A GREVE CONTINUA. FIRMINO, A CULPA É SUA!


SINDSERM, SINDICATO É PRA LUTAR!

Postado por Viviana Vieira Pimentel (Comissão de Comunicação)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!