A GREVE CONTINUA. FIRMINO, A CULPA É SUA! ASSEMBLEIA NESTA QUINTA-FEIRA 24/10/13 EM FRENTE À CÂMARA DOS VEREADORES.


       Aconteceu nesta terça-feira 22/10/2013 às 08hs a assembleia geral em frente à Câmara Municipal de Teresina para acompanhar a votação e aprovação do requerimento da Audiência Pública, conforme prometido pela base aliada e vereadores de oposição, em compromisso assumido pelo vereador Thiago Vasconcelos com a Comissão de professores em greve.



Assembleia de professores na Câmara Municipal
Professoras em frente à Câmara
A Comissão é formada por diretores do SINDSERM e membros da base: 10(dez) professores(as) do Comando de Greve que conseguiram, após longa negociação, as 15 assinaturas dos vereadores necessárias para a aprovação do requerimento. Enquanto a reunião acontecia, a base esperou dentro do plenário e em frente à Câmara Municipal. Alguns vereadores se recusaram a assinar, porém conseguimos alcançar mais um objetivo.
Vereadores que não assinaram o requerimento
Professores ocupando o plenário da Câmara
Para a Audiência pública nossa principal proposta é a reivindicação que nenhum professor tenha a carga horária maior que 26 horas aula de 50 minutos.
 A assembleia aprovou que, após a negociação a respeito do requerimento os professores, em passeata, fossem para a Assembleia Legislativa onde estava acontecendo uma homenagem ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) e que estavam reunidos o prefeito de Teresina, “Fingindo” Filho, o governador Wilson Martins dentre outros políticos. Inicialmente, fomos impedidos de entrar na Assembleia, porém conseguimos fazer uma manifestação em favor da greve municipal da educação e contra o prefeito de Teresina. Clique neste link para ver o vídeo da manifestação dos professores da base http://www.youtube.com/watch?v=zl7HqtpuGfs&feature=youtu.be

Protesto em frente à Assembleia Administrativa

Policial militar impedindo a entrada dos professores na Assembleia

Professores mostravam cartazes
 Após a manifestação, a assembleia prosseguiu e foram propostos pela direção e base encaminhamentos para garantir avanços como:

1.       A continuidade da greve de professores;
2.       Ato em frente à SEMEC nesta quarta-feira 23/10;
3.       Assembleia nesta quinta-feira 24/10 em frente à Câmara Municipal.

Estamos reivindicando ainda um dos principais pontos que é a climatização das escolas. O secretário Kleber Montezuma, com toda sua truculência, está mandando trocar os ar condicionados por ventiladores e, embora ele diga que a maioria das escolas está funcionando, entre 70% e 80% dos professores estão em greve. Queremos a revogação da Portaria nº 481 que foi publicada ilegalmente. 
Seguindo a programação, amanhã, dia 23 de outubro, acontecerá Encontro de Pedagogas(os) da rede municipal de Teresina organizado pela Coordenação de lutas de pedagogas(os) do SINDSERM no auditório do IFPI (centro). O Encontro tem o intuito de debater sobre o fortalecimento da luta e ampliação de direitos das pedagogas e pedagogos que atuam na rede municipal de ensino.

A GREVE CONTINUA. FIRMINO, A CULPA É SUA!


SINDSERM, SINDICATO É PRA LUTAR!

Postado por Viviana Vieira Pimentel (Comissão de Comunicação)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!