Após ser desmascarado, Prefeito Elmano Férrer (PTB) agora nega sua intenção de fechar escola!

Na manhã desta sexta-feira (27/01), em uma solenidade oficial o prefeito de Teresina, Elmano Férrer concedeu entrevista à imprensa (Clique aqui) negando sua intenção de fechar a escola municipal Eurípedes de Aguiar. “O problema não existe. Eu descartei. Houve uma recomendação do PNUD gestões no sentido de centralizar toda a educação num só prédio. Entre as alternativas apresentadas era ocupar a escola, mas eu descartei desde o início”, disse o prefeito. 


Sobre a manifestação pedindo que a escola não fosse fechada, o prefeito afirmou que "fizeram uma tempestade num ‘copozinho d’água’’.  Na entrevista, Elmano falou sobre uma possível construção de um centro administrativo municipal e que estaria procurando o local na cidade para isto.




Reestabelecendo a verdade


Na verdade prefeito e o secretário de educação municipal Paulo Machado estavam armando por "debaixo dos panos" uma forma velada de expulsar funcionários e alunos daquela escola. Felizmente a comunidade escolar do Eurípedes de Aguiar desmascarou e denunciou o plano sórdido que visava unicamente agradar caprichos de donos de escolas privadas da zona norte.


Agora o prefeito vem com de tentar desmentir o que está inclusive gravado. Para seu desespero o secretário Paulo Machado declarou em entrevista coletiva na imprensa local.  O SINDSERM também tem a gravação da reunião do secretário com representantes da comunidade escolar do Eurípedes na qual fala textualmente que quer fechar a escola e desdenha: "a opinião da comunidade de nada vai adiantar".


O Prefeito Elmano Férrer (PTB), mesmo após duas manifestações da comunidade escolar, apoiada pelo SINDSERM, vem se negando a conversar com o Conselho Escolar da E. M. Eurípedes de Aguiar, que protocolou ofício no dia 20 de janeiro.  Por que o Prefeito não recebe a comunidade? Do que tem medo?


Mentira tem pernas curtas e... Errar é Elmano!!!





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.