Prefeitura de Teresina pode está querendo fechar a escola municipal Eurípedes de Aguiar

A tradicional escola Eurípedes Aguiar pode está  sob alvo da SEMEC

 Os trabalhadores, estudantes e pais receiam fechamento da Escola Municipal Eurípedes de Aguiar, uma das mais tradicionais da cidade, localizada no bairro Marquês, zona norte da capital. A comunidade teme ser mais um golpe contra a população de Teresina pela Prefeitura Municipal, através da Secretária de Educação, comandada por Paulo Machado.

Professores e funcionários da escola
em reunião com SINDSERM
Quinta-feira, dia 05 de janeiro, ainda no período das férias, a direção da Escola Municipal Eurípedes de Aguiar recebeu um comunicado verbal proibindo a realização de novas matrículas de alunos oriundos de outras escolas, excetuando os(as) da Escola Murilo Braga.

A SEMEC alega que o cancelamento dessas matrículas é por causa de uma possível reforma que vai haver na Escola Eurípedes de Aguiar. No entanto, esse temor assombra há anos a comunidade da referida Escola. “Desde a época do secretário Cleber Montezuma, no governo Firmino Filho, que esse boato de fechamento incomoda a nós que trabalhamos no Eurípedes”, desabafa uma professora da escola.

Diretores do SINDSERM esteviveram em reunião com os(as) professores(as) e funcionários(as) da Eurípedes de Aguiar, nesta segunda-feira para decidir sobre ações a serem realizadas de agora em diante.

Nesse sentido, convidamos pais, alunos e comunidade em geral para uma reunião dia 12, quinta-feira, às 8h, na quadra de esporte da escola para tratarmos do assunto.

Comentários

  1. own tomara qe nau feixem essa escola eu gosto muitissimo de la tenho amigos e amigas no euripides
    timara qe nau feixem (yn)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal o que é o HP?

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!