Prefeitura de Teresina pode está querendo fechar a escola municipal Eurípedes de Aguiar

A tradicional escola Eurípedes Aguiar pode está  sob alvo da SEMEC

 Os trabalhadores, estudantes e pais receiam fechamento da Escola Municipal Eurípedes de Aguiar, uma das mais tradicionais da cidade, localizada no bairro Marquês, zona norte da capital. A comunidade teme ser mais um golpe contra a população de Teresina pela Prefeitura Municipal, através da Secretária de Educação, comandada por Paulo Machado.

Professores e funcionários da escola
em reunião com SINDSERM
Quinta-feira, dia 05 de janeiro, ainda no período das férias, a direção da Escola Municipal Eurípedes de Aguiar recebeu um comunicado verbal proibindo a realização de novas matrículas de alunos oriundos de outras escolas, excetuando os(as) da Escola Murilo Braga.

A SEMEC alega que o cancelamento dessas matrículas é por causa de uma possível reforma que vai haver na Escola Eurípedes de Aguiar. No entanto, esse temor assombra há anos a comunidade da referida Escola. “Desde a época do secretário Cleber Montezuma, no governo Firmino Filho, que esse boato de fechamento incomoda a nós que trabalhamos no Eurípedes”, desabafa uma professora da escola.

Diretores do SINDSERM esteviveram em reunião com os(as) professores(as) e funcionários(as) da Eurípedes de Aguiar, nesta segunda-feira para decidir sobre ações a serem realizadas de agora em diante.

Nesse sentido, convidamos pais, alunos e comunidade em geral para uma reunião dia 12, quinta-feira, às 8h, na quadra de esporte da escola para tratarmos do assunto.

Comentários

  1. own tomara qe nau feixem essa escola eu gosto muitissimo de la tenho amigos e amigas no euripides
    timara qe nau feixem (yn)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe obrigatoriedade dos 200 dias letivos para os(as) professoras que trabalham nas CMEIs.

Afinal o que é o HP?

O ATAQUE AO RECREIO; O DESCANSO DE VOZ DOS PROFESSORES, - MAIS UM GOLPE DO SECRETÁRIO (DES) EDUCAÇÃO KLÉBER MONTEZUMA AO DIREITO DOS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL!